O ILUSÓRIO FOCO DOS “BENS ACRESCENTADOS”

Quando Krishna fazia menção ao suposto “mundo de aparências”,  ou quando Buda o fazia, dizendo ser o mundo uma “ilusão”, ou quando Jesus o chamou de “mundo do pai da mentira”, estavam explicando o que DEUS É, o que O UNIVERSO É,  e o que eternamente NÓS SOMOS! Em outras palavras, estavam anulando a CRENÇA EM “APARÊNCIAS”, A CRENÇA NA “ILUSÃO” OU A CRENÇA EM “MUNDO TERRENO” OU “MATERIAL”.

UNICAMENTE DEUS É REALIDADE! E ENQUANTO ESTA VERDADE APARENTAR “SER DESCONHECIDA” POR ALGUÉM, A QUESTÃO REAL NÃO SERIA  TAL “ALGUÉM CONHECÊ-LA”,  MAS SIM, “ALGUÉM” SE  PERCEBER, A SI MESMO,  SENDO DEUS, SENDO A LUZ DO MUNDO,  E SENDO A PRÓPRIA VERDADE!

Por isso, o FOCO do ensinamento absoluto nos remete diretamente ao FATO REALMENTE EVIDENCIADO: DEUS É TUDO, E SOMOS O QUE DEUS É, TUDO O QUE DEUS É, E SOMENTE O QUE DEUS  É!

“É DO AGRADO DO PAI DAR-NOS O SEU REINO”, disse Jesus! POR QUE ESTA TREMENDA REVELAÇÃO NÃO  É ACATADA COMO SENDO UM “TESOURO ESCONDIDO NO CAMPO”?  PELO  MOTIVO DE  A HUMANIDADE SÓ RECONHECER “TREVAS”, “APARÊNCIAS”,  “ILUSÃO”,  AS “MENTIRAS DO PAI DA MENTIRA”!  SÓ RECONHECER IRREALIDADES, CARÊNCIAS E CRENÇAS DUALISTAS,  NO BEM E NO MAL!  POR DESCONHECER  QUE OS “BENS DA APARÊNCIAS”  SÃO “SOMBRAS” DO “BEM REAL E PERMANENTE”!  COMO EM SONHOS, PODEM PARECER REAIS, MAS SÃO PURAMENTE  “NADAS”!

O período eleitoral do “mundo do pai da mentira” pôde comprovar  a adesão em massa a esta FALSA CRENÇA DUALISTA DA “MENTE CARNAL”, movimentando o suposto “mundo fenomênico” em direção ao “bem do mundo” e ao repúdio ao “mal do mundo”.  Imersa nesta ILUSÃO DE MASSA,  a

humanidade não dispõe  de “olhos e ouvidos” para “VER E OUVIR”  JÁ TER “GANHO O REINO DE DEUS”,  para SABER QUE “NELE VIVE, SE MOVIMENTA E TEM O SEU SER”, COMO NOS REVELOU PAULO, E COMO TEM SIDO CONTINUAMENTE REPETIDO NAS “MENSAGENS DO FACHO DE LUZ”!

Acreditando no “aparente”  CONHECIMENTO DO BEM E MAL , a exemplo de Adão e Eva, que “comeram do fruto” desse “falso conhecimento”, erra a humanidade inteira  por não SABER QUE O “BEM COMPLETO”, ABSOLUTO E PERMANENTE, JÁ É “UM COM ELA'”.   Desse modo, enquadra-se nesta ILUSÃO DE DOIS PODERES”, gerando “imagens condizentes” com esta DUALIDADE INEXISTENTE, que a ilude na busca incessante  de “bens acrescentados”,  e que a impede de PERCEBER O “BEM PERMANENTE”, DE QUE JÁ É POSSUIDORA, NA “UNIDADE PERFEITA”! 

Enquanto a humanidade NÃO PERCEBER o que significa “ORAR PELOS  SEUS INIMIGOS”, que é  DEIXAR A CRENÇA DUALISTA PARA CONTEMPLAR A VERDADE , QUE É DEUS SENDO TUDO, permanecerá no FOCO DA ILUSÃO, que mostra a ela “bem e mal”, “amigos e inimigos”, enfim, os INEXISTENTES “pares de opostos”.

“SE FÔSSEIS CEGOS NÃO TERÍEIS PECADO”, disse Jesus. POR QUÊ?  PORQUE ENXERGARIAM A VERDADE, E NÃO AS “APARÊNCIAS”, E ENXERGARIAM DEUS SENDO “AMIGOS E INIMIGOS”.  COMO DISSE ISAÍAS, ENXERGARIAM “O  LEÃO PASTANDO AO LADO DOSE CORDEIROS”!

ENXERGAR E DAR CRÉDITO ÀS “APARÊNCIAS”, PARA JESUS, SIGNIFICAVA

“PECAR” , “ERRAR O ALVO”;  E SER “CEGO” PARA ELAS, SIGNIFICAVA “ANDAR NA LUZ”!

*

Deixe uma resposta