Comentários Sobre “Expulsai Os Demônios”-15

“EXPULSAI OS DEMÔNIOS”

Se Deus é por nós, quem será contra nós?” Rom. 8; 31. Ninguém! Nada! Nada existe para se Lhe opor! Nada para ser contrário! Nada para estar separado! A divina Consciência reina, e é tudo-em-tudo.

Conhecedor deste sempre-existente Fato da Existência, Cristo ordenou: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura”.Mc 16; 15. Amados, obedeçamos ao nosso Redentor! Passemos a pregar o Evangelho da Unicidade e Totalidade a todo aquele que possa ouvi-lo. Passemos a ensinar a Mensagem da Ontologia: Perfeição indivisível, Completeza, o Eu-Sou-estado-de-ser. Previnamos a todos que deixem de pensar a partir da premissa de um homem em busca de seu bem; em vez disso, assumamos o correto estado do Ser, vivo por toda a Eternidade.

Lillian De Waters
15

Quando Jesus disse para colocarmos a “nossa Luz” no alto do alqueire, estava sinalizando o referencial absoluto da Boa-Nova. Ao lado da “LUZ”, que cada um JÁ É, nada há! Na posição “ascensionada”, a Luz que somos é UMA com a Luz Infinita! Nunca estivemos separados da Luz! Assim como não poderíamos estar apartados da Consciência que somos! Luz e Consciência são uma e a mesma coisa! Portanto, “colocar nossa Luz no alto” significa abrir mão de todos os “nadas” que compõem a nulidade chamada “existência humana”. Esta colocação de nossa Luz no alto é a compreensão de que DEUS É TUDO! Quer dizer estar em “Brilho Maior” como a Consciência Iluminada que somos! “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” Rom. 8; 31. A autora emprega esta citação bíblica para reforçar este enfoque absoluto! “QUEM SERÁ CONTRA NÓS?” Nada nem ninguém!

Você deve contemplar o Universo de Luz com a sua Luz no Alto e UNA com a Luz divina infinita! Contemple a Verdade de que, exatamente onde parecia haver olhos humanos “vendo” um mundo material, existe a Luz divina manifestada como nossa Visão iluminada! E sempre vendo o Reino da Luz! Por certo, esta “prática contemplativa” foi o que deu a João a revelação que lhe possibilitou declarar: “Deus é Luz, e não há nele trevas nenhumas” (I João 1; 5).

Passemos a pregar o Evangelho da Unicidade e Totalidade a todo aquele que possa ouvi-lo. Passemos a ensinar a Mensagem da Ontologia: Perfeição indivisível, Completeza, o Eu-Sou-estado-de-ser. “Pregar” o Evangelho da Unicidade e Totalidade significa SER, conscientemente, a Unicidade e Totalidade que DEUS É! Como diz a autora: A divina Consciência reina, e é tudo-em-tudo.

Continua no próximo domingo…>

 

Deixe uma resposta