VIVENDO COM AS ESCRITURAS E COM O PODER DE DEUS!

Assim como os esportistas contam com seus técnicos, para lhes dirigirem as ações ou formas de se comportar, a fim de obterem os melhores resultados, de igual modo contamos com as revelações absolutas, sempre a nos instruírem quanto à melhor forma de lidarmos com as aparentes diversidades da vida.

No estudo da Verdade, temos por “oponentes” unicamente crenças mentirosas, que buscam nos reter a atenção para que acreditemos em suas falsas alegações, sempre “vindas” em forma de “imagens hipnóticas”. Para não sermos surpreendidos nem iludidos, precisamos nos dedicar ao conhecimento radical das revelações absolutas, bem como  reconhecer a Onipresença onipotente de Deus, sempre  estando ativa como o Cristo que somos.

“Errais por desconhecerdes as Escrituras e o Poder de Deus”, disse Jesus! Desse modo, sintetizou o mais importante, dentre tudo aquilo que nos instruiu a fazer!

Ninguém deve se acomodar às “aparentes fases boas da vida”, de modo a relaxar e mesmo abandonar a “prática da Verdade”. Pelo contrário, mais e mais deve conhecer as instruções para aplicá-las e vivenciá-las na suposta “vida prática”.

É comum o erro decorrente da liberdade dada ao suposto “homem natural”, quando este, se achando “autor” do aparente “bem fenomênico”, faz com que AÇÃO REAL de cada um seja “esquecida”, em vez de ser cada vez mais reconhecida! E então, A VERDADE FICA 

RELEGADA A SEGUNDO PLANO, bem como fica aparentemente esquecido o que dizia Jesus:

“De mim mesmo, nada sou e nada faço; O PAI EM MIM FAZ AS OBRAS”.

Numa luta de boxe, o pugilista estava seguindo as orientações de seu técnico, e de repente viu-se em superioridade na luta; e então, se entusiasmou precipitadamente em dar continuidade à luta SEM OUVIR O SEU TÉCNICO, que lhe gritava e orientava para conter aquele perigoso entusiasmo. Continuou avançando cegamente em direção ao adversário, foi surpreendido por violento golpe dado por ele, e acabou indo ao chão, nocauteado!

O mesmo ocorre com muitos que saem de dificuldades graças à prática dos princípios espirituais, mas logo se sentem vitoriosos de si mesmos, “abrindo a guarda” para serem surpreendidos pelas “aparências”, que, para eles, “voltaram a ser realidades”!

DEUS É TUDO, E A TOTALIDADE DE DEUS SE EVIDENCIA COMO O CRISTO QUE SOMOS!

Jamais se descuide, deixando de RECONHECER E CONTEMPLAR esta Verdade! Tendo isso em PLENA CONSCIÊNCIA, estará você, como disse Jesus, VIVENDO SEM ERRAR, por estar CONHECENDO AS ESCRITURAS E RECONHECENDO O PODER DE DEUS!

Esta vivência iluminada deve prevalecer em sua experiência, seja em suas “contemplações absolutas”, seja em sua aparente “vivência” na “sombra fenomênica”!

UNICAMENTE DEUS É REALIDADE, E UNICAMENTE O “EU ABSOLUTO” É O “EU QUE VOCÊ É”!  

JAMAIS SE DESVIE DESTA VERDADE!

*

DEUS É O TODO E É CADA INDIVÍDUO!

Se na exibição de uma orquestra, um de seus músicos integrantes estiver se apresentando com o seu instrumento desafinado, TODA A ORQUESTRA estará desafinada! Isto porque o músico, além de ser “presença individual” na orquestra, estará SENDO TAMBÉM A ORQUESTRA!

O MESMO SE DÁ COM O CONHECIMENTO DA VERDADE, quando Jesus enfatiza que DEVEMOS SER PERFEITOS EM UNIDADE, e não apenas “individualmente perfeitos”! Queria dizer que DEUS É O TODO, MAS QUE É, AO MESMO TEMPO, O SER INDIVIDUAL DE TODOS! Este foi o motivo de não ter ele aceito ser chamado de “BOM MESTRE”! Sua resposta, “BOM SÓ HÁ UM, QUE É DEUS”, indicava o seu conhecimento de que DEUS É PERFEIÇÃO ABSOLUTA, SENDO, AO MESMO TEMPO, A PERFEIÇÃO PERMANENTE DE TODAS AS SUAS OBRAS, EXISTENTES COMO UNIDADE!

A presença divina é a PERFEIÇÃO ONIPOTENTE  de toda a Existência real e espiritual. E para que isto seja Verdade, TUDO E TODOS, VISTOS PELOS OLHOS DA VERDADE, DEVERÃO VER A SI MESMOS SENDO PERFEITOS COMO DEUS!

Por isso, Jesus, rejeitando “julgar pelas aparências”, por serem ILUSÓRIAS, assim pregava: “SEDE PERFEITOS ASSIM COMO O VOSSO PAI CELESTIAL É PERFEITO!”.  Caso fosse possível “haver algo ou alguém” imperfeito, DEUS NÃO PODERIA SER ACEITO COMO “TODO PERFEITO”! Este entendimento é a base do “desmantelamento da ilusão”, pois, a “ilusão” conta com a “presença de alguém” reconhecendo A EXISTÊNCIA DE IMPERFEIÇÕES”!

“Se quer VIR APÓS MIM”, disse Jesus, “NEGUE-SE A SI MESMO, TOME A SUA CRUZ, VENHA E ME SIGA!”  Estava, com isto, DESMANTELANDO A ILUSÃO APARECENDO COMO “TESTEMUNHA DE IMPERFEIÇÕES”!

O Evangelho se fundamenta na Verdade de que DEUS É TUDO, TUDO É DEUS, o que significa que TUDO É PERFEIÇÃO, TUDO É ESPÍRITO, E TUDO É IMUTABILIDADE ETERNA!

“VÓS SOIS DEUSES”, declarou Jesus, ao ser apedrejado pelos judeus furiosos, por ter-se identificado como DEUS! Usando a própria Escritura deles, citou o Salmo 82, afirmando que “SOMOS FILHOS DO ALTÍSSIMO, E QUE SOMOS DEUSES”! E COMPLETOU, DIZENDO: “E A ESCRITURA NÃO PODE SER ANULADA!”.

“E VIU DEUS TUDO QUANTO FIZERA, E EIS QUE ACHOU MUITO BOM”, diz a Bíblia! ACHAR “MUITO BOM” QUER DIZER ACHAR TUDO IMUTAVELMENTE PERFEITO”! E quando a Metafísica Absoluta declara que OS SUPOSTOS MALES OU  IMPERFEIÇÕES NÃO EXISTEM, parte do TESTEMUNHO DE DEUS dado pelo próprio DEUS sobre todas as SUAS OBRAS! E SOBRE VOCÊ!

*


 

NÃO SE PERMITA HIPNOTIZAR POR IRREALIDADES!

Se fingirmos estar com um elástico preso nos dedos, e aparentarmos o estar esticando próximo aos olhos de alguém, ele tenderá a piscar e se proteger, até que perceba que o elástico temido jamais esteve ali presente! Se repetirmos a mesma farsa, na segunda vez, a pessoa talvez ainda possa cair de novo na mesma ilusão; porém, se ficarmos repetindo o gesto várias vezes, ela já se achará apta e condicionada para reconhecer e se mostrar convicta da

inexistência do elástico, e não mais crerá em sua existência.

A humanidade é cativa de ilusões semelhantes, acreditando seguidamente, gerações após gerações, nas “aparências falsas” apresentadas pela chamada “mente carnal”. Isto por desconhecer a Verdade de que A REALIDADE INFINITA E UNIVERSAL É UNICAMENTE DEUS, COM SEU VERBO ONIPRESENTE SE EXPRESSANDO!

Quando as mensagens da Verdade Absoluta são lidas e conhecidas, se forem lidas só por serem lidas, não cumprirão o objetivo real  de todas elas, que é o de REVELAR A ILUSÃO DE “EXISTÊNCIA DO MAL”, APAREÇA ELE SOB QUAISQUER FORMAS!

Que seria uma “dor”, uma “doença”, uma “carência”? NADA MAIS, SENÃO “ALGUÉM SUPOR TER REALIDADE” O  “ELÁSTICO” ESTICADO CONTRA ELE, ENQUANTO, DE FATO, ALI NÃO ESTARIA EXISTINDO ELÁSTICO NENHUM, NEM “MAL NENHUM”!

DEUS É TUDO, enquanto as “aparências do mal” são TODAS ilusórias, registros sem substância sendo tomados por realidades! Sendo assim, as mensagens têm por objetivo FAZER COM QUE FIQUEMOS IMPASSÍVEIS, diante das “aparências” e seus  “sensacionismos”, bem como FIRMADOS NA VERDADE DE QUE DEUS É TUDO, O QUE SIGNIFICA “ESTAR TUDO EM PERMANENTE DIVINA ORDEM”!

Para isso foi dada a analogia do “elástico inexistente”, que deixa de receber nosso endosso quando sua irrealidade é notada!

Não existe outra Mente, senão a DIVINA! A suposta “mente humana” não dispõe de substância para “dar realidade” às suas ilusões! Conta ela com nosso ENDOSSO de suas falsidades! Que disse Jesus a ela?

“ESTÁ ESCRITO: SOMENTE ADORARÁS O SENHOR TEU DEUS!”

Jesus estava treinado para NÃO DAR PODER ÀS “SUGESTÕES DO MAL”! E este TREINAMENTO é o requerido de cada um de nós, para que NÃO NOS PERMITAMOS SER HIPNOTIZADOS PELO ERRO, e para que POSSAMOS permanecer IMPASSÍVEIS em MIM, no DEUS ABSOLUTO que SOMOS!

Não temos “mente carnal”! Não somos “mente carnal”! “NÓS TEMOS A MENTE DE CRISTO!” Firmados nestas Verdades, saberemos ficar IMPASSÍVEIS, diante das “sugestões mentais agressivas”, que são meramente “SUGESTÕES HIPNÓTICAS”, vazias de poder, presença e substância!

O VERBO DIVINO É A ÚNICA SUBSTÂNCIA REAL, E DEVEMOS FICAR FIRMADOS NESTA VERDADE!

Desse modo, SEJAM QUAIS FOREM AS APARÊNCIAS MALIGNAS, bastará que as encaremos como encararíamos o “ELÁSTICO INEXISTENTE”!

*

VIVA EM SINTONIA PERFEITA COM A VERDADE ETERNA!

Se uma emissora de rádio estiver sendo mal sintonizada, uma bela melodia por ela transmitida se tornará um simples ruído, que “voltará” a ser a música tão logo o rádio seja corretamente ajustado para ficar em perfeita sintonia com a emissora. A melodia jamais se alterara para ser o ruído indesejável. Tampouco surgiu ruído real algum  na música!

Quando Jesus disse que “com agrado o Pai nos deu o Seu Reino”, por ele estar em sintonia perfeita com o Pai, o Reino lhe era perceptível. e não se lhe mostrava como  imagens distorcidas! Para esta sintonia se mostrar perfeita, Jesus orava sem cessar! Sabia que os supostos “males” jamais eram realidades, e que DEUS NOS TRANSMITE ININTERRUPTAMENTE o Seu REINO PERFEITO!

Reclamar de “imagens distorcidas”, como faz a humanidade, somente atesta o desconhecimento geral da Verdade de que “estamos em solo santo”, e nele sendo “deuses”, Filhos perfeitos de Deus!

Por que a maioria não enxerga esta Verdade? Por viver iludida pelo “mundo de imagens distorcidas”, EM VEZ DE SE AJUSTAR À PERFEIÇÃO A SUA SINTONIA COM A PERFEIÇÃO ONIPRESENTE DO REINO DE DEUS!

Desejar VER A PERFEIÇÃO, e só reclamando de “imperfeições irreais”, equipara-se àquele que, com seu rádio fora de sintonia perfeita com a emissora que transmite a música, fica só reclamando do ruído, sem  corrigir a sintonia mal feita! Se assim o fizesse, a “bela melodia” lhe pareceria “voltar”, porém, sem que nunca tivesse estado ausente. Em outras palavras, os  próprios ruídos decorrentes da má sintonia ESTAVAM SENDO A BELA MÚSICA, que aparentava ser os ruídos, apenas devido à falta de correta sintonia.

Deus nos deu o Seu Reino perfeito, e a humanidade não o enxerga, por “manter sintonia” com o “mundo do pai da mentira”! Desse modo, a PERFEIÇÃO ONIPRESENTE é captada como “imperfeições ininterruptas”! Jesus disse que NINGUÉM PRECISA PEDIR ALGO A DEUS, pois a Obra INTEIRA consumada é perfeita, e é permanente em toda a sua extensão infinita!

Não reconhecia ele  “sintonia de parentesco” com “imagens distorcidas”! SOMENTE ENDOSSAVA SUA PERFEITA PRESENÇA NA UNIDADE PERFEITA, ONDE SABIA ESTAR TUDO E TODOS EM SUAS IMAGENS PERFEITAS E ETERNAS!

“Quem são minha mãe e meus irmãos?”, perguntava ele aos discípulos, que viam em “aparências” seus supostos parentes! Mas sua resposta foi absoluta: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que fazem a vontade de Meu Pai”! ONDE? NO “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”?  ÓBVIO QUE NÃO! VIA COM A SUA VISÃO ILUMINADA, QUE O FAZIA ENXERGAR A A SI MESMO,  E A TODOS OS DEMAIS, SENDO PERFEITOS NA ONIAÇÃO DA UNIDADE PERFEITA!

O Reino de DEUS é chegado, e é ÚNICO!  Cada um terá de achá-lo EM SI MESMO, DESPREZANDO A ILUSÓRIA “MENTE CARNAL”, QUE FILTRA E DISTORCE AS IMAGENS PLURIDIMENSIONAIS PERFEITAS, PARA PODER RECONHECER POSSUIR A “MENTE DE CRISTO”, QUE UNICAMENTE “ENXERGA” A REALIDADE DIVINA E PERFEITA, QUE É ONIPRESENTE!

Como nos manter em SINTONIA PERFEITA com a Realidade? Jesus explicou: “COM CADA UM “PERMANECENDO EM MIM”, E SE ADMITINDO PERFEITO COMO PERFEITO É O PAI! Ao menor DESVIO, se dará a “queda da sintonia perfeita”, o que será “visto” como “aparências discordantes”!

Por isso, assim disse Isaías: “FORA DE MIM NÃO HÁ SALVADOR”!

*

 

 

SOMENTE A MENTE DIVINA ONIATIVA REVELA AS OBRAS DE DEUS!

Em suas pregações, Paulo chamava a ilusória “mente humana” de “mente carnal”, a inimizade contra Deus. Foi um recurso didático para revelar que TUDO QUE É REAL É ESPIRITUAL E PERFEITO, enquanto esta suposta “outra mente”, que TUDO CAPTA DE FORMA ERRADA, NEM MENTE É, sendo apenas um INSTRUMENTO ILUSÓRIO E SEM APTIDÃO PARA RECONHECER  OS FATOS REAIS E DIVINOS!

Um “efeito hipnótico coletivo” aparenta prender a humanidade às inexistências apresentadas pela “mente carnal”. E nossa libertação é, como disse Jesus, “fazermos total identificação” com o “EU” QUE VENCEU O MUNDO, que é DEUS SENDO TUDO E SENDO TODOS, AQUI E AGORA!

“Aquele que perder a sua vida por amor de MIM, a achará”, disse Jesus! Como tinha ele este conhecimento? CONHECIA O FATO VERDADEIRO E PERMANENTE DE QUE “DEUS É A MENTE ÚNICA E ONIATIVA, enquanto a chamada “mente carnal” não passava de mera CRENÇA FALSA, “repórter do erro”, sempre aparentando negar que TUDO QUE DEUS FAZ DURA PERPETUAMENTE, E QUE, PORTANTO, TODAS AS SUAS  OBRAS SÃO PERFEITAS,  E ASSIM MANTIDAS PERENEMENTE POR SUA MENTE ONIPRESENTE!

O apego à irreal “mente carnal” é o que faz aparentar “haver vida na matéria”, quando, de fato, não existe “matéria” nem “vida na matéria”. E Jesus sabia que “perdendo esta ilusão de vida”, a REAL VIDA ETERNA PODERIA SER CONHECIDA!

Ao curar um “cego de nascença”, assim o indagaram os discípulos:: “Quem pecou? Este ou seus pais, para que nascesse cego?” E a Verdade foi pregada, dada como a  resposta dada por Jesus:

Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus” (João 9: 2,3).

 O sentido é o seguinte: A MENTE DIVINA FOI RECONHECIDA E A MENTE ILUSÓRIA TERIA DESAPARECIDO, JUNTAMENTE COM AS SUAS MENTIRAS!

Cabe, a quem diz estudar a Verdade, silenciar a “mente carnal” e suas ilusões, e fazer MANIFESTAR AS OBRAS REAIS E PERFEITAS DE DEUS! Para isso “temos a Mente de Cristo” e fazemos as “contemplações absolutas”!

 *

O QUE ESTÁ EXISTINDO NÃO É O QUE ESTÁ SENDO VISTO!

A revelação da VERDADE de que VIVEMOS EM DEUS, EM “SOLO SAGRADO”, e nunca como “nascidos em mundo do pai da mentira”, precisa substituir a suposta “mente carnal”, para que nossa Mente REAL, divina, seja RECONHECIDA!

A humanidade, ILUDIDA pela “mente carnal”, reclama de tudo o que com ela acredita ver. O QUE DEVERIA FAZER, NÃO FAZ: PARAR DE CRER EM “APARÊNCIAS FRAUDULENTAS” E RECONHECER, COM A MENTE DE CRISTO, QUE TUDO É PERFEIÇÃO ABSOLUTA EM PERMANENTE “DIVINA ORDEM”!

“Aparências” são todas IRREALIDADES; e, por conhecer esta Verdade, Jesus assim disse:

“Eu vim ao mundo para juízo, a fim de que OS QUE VEEM SEJAM CEGOS, E OS QUE NÃO VEEM VEJAM”!

De nada valerá TERMOS GANHO DE DEUS O SEU REINO, se ficarmos SÓ “ENDOSSANDO” UM ILUSÓRIO MUNDO DE APARÊNCIAS FRAUDULENTAS!

Há mais de 2000 anos que Jesus declarou que NÃO SOMOS DESTE MUNDO DE MENTIRAS, E QUE O REINO DE DEUS, MESMO NÃO SENDO CAPTADO PELA “MENTE CARNAL”, ESTÁ PRESENTE NO MUNDO INTEIRO!

As mensagens ABSOLUTAS sempre salientam que a Verdade requer reconhecimento, contemplação e mudança de referencial. Isto porque “O QUE ESTÁ EXISTINDO” NÃO É ”O QUE ESTÁ SENDO VISTO!”

Todas as vezes em que são “vistas” imperfeições, A PERFEIÇÃO ALI PRESENTE DEIXA DE SER RECONHECIDA!

Criar o hábito de ENXERGAR TUDO EM DIVINA ORDEM significa “viver a Verdade na prática”! Por isso é dito que o requerido é ATITUDE, e não apenas leituras e mais leituras!

Alguém desejoso de chegar em algum endereço, abrindo um guia e descobrindo quais atitudes terão de ser tomadas, para chegar até ele, DE IMEDIATO FECHARÁ O GUIA PARA AGIR E CUMPRIR SEU OBJETIVO!

As mensagens da Verdade trazem as revelações geradoras de ATITUDES! Revelada

 a Verdade, cabe a todos nós “AGIR SEGUNDO O REVELADO”, QUE É ENDOSSAR A VERDADE LIDA! PARA ISSO, É PRECISO OLHARMOS “SEGUNDO O JUÍZO JUSTO”, COMO DISSE JESUS!

Quando deixamos de lado o falho e mentiroso “juízo pelas aparências”, endossando a Verdade de que “O CRISTO É TUDO EM TODOS”, O “VÉU DA ILUSÃO” CAIRÁ POR TERRA, E, DE FATO, CONTEMPLAREMOS E CONSTATAREMOS A PRESENÇA DO ESPÍRITO DE DEUS SENDO QUEM SOMOS E COMO TODOS SÃO, NA “UNIDADE PERFEITA”!

*

 

A CONSCIÊNCIA VIVA É A SUBSTÂNCIA DA FORMA CORPO

Sabemos que a Existência genuína que vemos, ouvimos, experienciamos e conhecemos não é visível à suposta visão do homem. Entretanto, sabemos que esta Existência perfeita é visível, que ela pode ser vista, e é vista, clara e distintamente.

Como Consciência iluminada, nós vemos este Universo eterno e perfeito, este Corpo perfeito (e qualquer Corpo) tal como ele é. E nós jamais poderemos ser enganados por alguma simulação superposta deste belo e glorioso Corpo perfeito. Nós sabemos, e temos consciência de que sabemos. Sabemos que somos e que conhecemos, e não sabemos nada além disto. Nada mais resta para se saber.

Há, nisto que estamos conscientizando agora, um poder tremendo. O que estamos vendo – percebendo – neste exato momento significa a dissolução do vapor aparente. Que é este vapor? É a miragem universal ou de massa, que faz com que as coisas pareçam diferentes do que realmente são. É meramente um conceito enganoso, ou concepção equivocada, daquilo que o Homem verdadeira e eternamente é.

Em nossa Bíblia podemos ler: “Um vapor, porém, subia da terra, e regava toda a face da terra. O senhor Deus formou o homem de barro da terra, e inspirou no seu rosto um sopro de vida, e o homem tornou-se alma vivente” (Gen., 2: 6-7). Estes dois versículos do Gênesis contam toda a história. O Homem – o Cristo – já existia eternamente, e é, exatamente agora. O Universo,  eterno, perfeito e glorioso, era – e é – completo. Entretanto, aparenta existir uma miragem fraudulenta, simulada, que anula este Universo glorioso e a Substância na Forma de tudo e de todos. Esta ilusão de massa é descrita com clareza nestes versículos.

Temos também aqui o registro de que o homem ilusório, “cujo fôlego está em suas narinas”, fora formado do próprio barro da terra, que absorvera o vapor espectral. Aqui, Deus é mostrado como sendo um Criador. E nesta exata representação equivocada, a Vida é suposta “entrar” no corpo do homem; a alma é suposta ter “entrado” neste corpo. A ilusão de que o homem é um criador ou uma criação está inteiramente fundamentada neste quadro ilusório, apresentado pelo Gênesis.

A Alma é Consciência. A Alma está viva. Ela é uma Substância viva porque a Consciência é Substância, e a Consciência é Vida. A Alma, a vida, jamais pode “entrar” no Corpo, pois a Consciência viva é a Substância perfeita e eterna,  que é o Corpo.

*

NÃO POSTERGUE O RECONHECIMENTO DA VERDADE PLENA QUE AGORA VOCÊ É!

A mania comum e nociva, decorrente da maioria dos ensinamentos dualistas, atua hipnótica e subliminarmente no subconsciente da humanidade, levando-a a “postergar” o reconhecimento imediato das Verdades Absolutas a ela reveladas. O ilusório “tempo” aparenta atuar, até mesmo de forma imperceptível, e APARENTA  ADIAR a vivência IMEDIATA das revelações neste AQUI E AGORA, como se DEUS FOSSE SER “AQUELE QUE SOMOS” SOMENTE EM ALGUM SUPOSTO “FUTURAMENTE”!

Esta forma ILUSÓRIA de lidar com as revelações absolutas precisa ser rechaçada no exato AGORA EM QUE SÃO LIDAS, e isto requererá, além das “contemplações silenciosas”, um vigoroso veemente emprego da Ciência Mental, suas afirmações que ENDOSSAM A VERDADE QUE SOMOS,  e suas negações, que DESTROEM AS MENTIRAS QUE NÃO SOMOS, anulando a ilusória “submissão ao suposto tempo”, parâmetro desconhecido por DEUS e pela VERDADE!

Este comportamento comum e ilusório, que aparenta nos fazer crer que A VERDADE AGORA REVELADA dependa do “TEMPO”, para se manifestar,  equivaleria a “alguém acreditar” que SUA SOMBRA SOMENTE FOSSE SE MANIFESTAR  muito “TEMPO DEPOIS” de ter ele sido informado de alguma VERDADE VÁLIDA SOBRE SI PRÓPRIO! EM OUTRAS PALAVRAS, O FATO É QUE A VERDADE SE REVELA EM SUA “SOMBRA FENOMÊNICA” NO MESMO AGORA ATEMPORAL DIVINO!

Não há DOIS MUNDOS! O DE DEUS E O DOS HOMENS! HÁ UNICAMENTE DEUS SENDO TUDO, E POSTERGAR O RECONHECIMENTO, POR ACHAR QUE “EXISTA MUNDO FENOMÊNICO” AO LADO DE DEUS, É  A “APARÊNCIA FRAUDULENTA” QUE ILUDE A MUITOS, FAZENDO COM QUE “ESPEREM” QUE A “SOMBRA” LHES APAREÇA FUTURAMENTE!

EM OUTRAS PALAVRAS, NEGAM A VERDADE JÁ EM EVIDÊNCIA AGORA, ACHANDO QUE “OS BENS ACRESCENTADOS”, NO AGORA, NÃO SE FAZEM PRESENTES!

Jesus disse: “Buscai em primeiro lugar o REINO DE DEUS, e todas as demais coisas vos serão ACRESCENTADAS”! NÃO SÃO COISAS INDEPENDENTES! O REINO É A VERDADE E OS “BENS ACRESCENTADOS” SÃO O “REINO SOMBRA”, TAL COMO A ILUSÓRIA “MENTE HUMANA” O CONSEGUE INTERPRETAR!

Exemplificando, se a APARÊNCIA apresentar “alguém desempregado”, DEVE ELE CONTEMPLAR SUA PRESENÇA NA ONIAÇÃO,  “EMPREGADO” COMO “FILHO DE DEUS”, AQUI E AGORA! E DEVE CONFIRMAR ESTE FATO DE MODO A DESMENTIR A APARÊNCIA DE DESEMPREGO, ACEITANDO A VERDADE E ACEITANDO SUA “SOMBRA” JÁ SE PROJETANDO, TAMBÉM AQUI E AGORA!

Esta é a visão correta e revelada por Jesus, sobre a oração: “Se pedirem algo, CREIAM JÁ O TER RECEBIDO”, e o terão”! 

ISTO REQUER ACREDITAR “TER O REINO E JÁ TER A COISA NECESSÁRIA!”, que é TER O OBJETO E JÁ TER A “SOMBRA” DELE!

*

O APARENTE “DESPERTAR ESPIRITUAL”

Quando um sonhador é visto por alguém a sonhar e se debater na cama, por “enxergar” as irrealidades de seu sonho, se for sacudido e acordado, se verá “liberto”, aparentemente! Por que é dito “aparentemente”? POR SEU PESADELO JAMAIS TER TIDO REALIDADE!

A única diferença entre o “pesadelo individual” e o “pesadelo coletivo”, é que o coletivo ILUDE A HUMANIDADE TODA, levando “em massa”  ser ENDOSSADO O “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”! Por isso, o ensinamento absoluto explica que  as APARÊNCIAS SÃO DESCONHECIDAS DE DEUS E DA MENTE DO CRISTO, E APENAS INSINUAM, ESTANDO NO LUGAR DELAS, AS PERFEITAS E PERMANENTES “OBRAS DE DEUS”, O QUE, EM SUMA, É REVELADO QUE “JÁ É CHEGADO O REINO DE DEUS”!

“Sede PERFEITOS como PERFEITO é Vosso Pai celestial”, disse Jesus! O PAI NÃO ENXERGA “APARÊNCIAS”, diz a Bíblia! Portanto, SER PERFEITO COMO ELE IMPLICA FAZERMOS O MESMO, O QUE, NA PRÁTICA, SIGNIFICA DEIXARMOS DE RECONHECER VERACIDADE EM QUALQUER “APARÊNCIA FENOMÊNICA”!

Enquanto alguém DER CRÉDITO a “aparências”, mesmo que diga “estar em UNIDADE COM DEUS” estará iludindo a si mesmo, por NÃO SE VER PERFEITO COMO PERFEITO É O PAI, por acreditar em APARÊNCIAS, enquanto O PAI, EM SUA PERFEIÇÃO,  UNICAMENTE CONHECE A SI MESMO COMO TUDO!

Quando Jesus diz que “A NINGUÉM JULGA PELAS APARÊNCIAS”, E QUE “AQUELE QUE O VÊ, VÊ O PAI, está, verdadeiramente, SE FAZENDO “PERFEITO COMO O PAI É PERFEITO”, E É O QUE DEVEMOS TREINAR PARA FAZERMOS IGUAL.

Na “Prática do Silêncio”, sempre que RECONHECER QUE DEUS É TUDO, E QUE É  INCLUSIVE VOCÊ, INCLUA ESTA VERDADE: “EU SOU PERFEITO ASSIM COMO DEUS É PERFEITO, POR JAMAIS “JULGAR PELAS APARÊNCIAS”!  

Desse modo, aparentemente, se verá LIVRE do “pesadelo coletivo”, e capacitado a repetir  com Jesus:

“EU E O PAI SOMOS UM, E O MESMO!”

*

“ESTÁ AQUI QUEM É MAIOR DO QUE O TEMPLO!”


“Pois eu vos digo que está aqui quem é maior do que o templo”

Mateus 12: 6

As revelações absolutas, trazidas ao mundo por diversos “profetas” ou “mestres”, somente serão entendidas e úteis quando servirem de meios para NOS IDENTIFICARMOS COM DEUS OU COM A VERDADE.

As supostas “curas de corpo carnal”, que sempre maravilharam a humanidade, foram chamadas de “sinais” por Jesus, a fim de que ele assim pudesse dizer: “Geração INCRÉDULA E SEM FÉ, sempre em busca de “SINAIS”!

A errônea identificação com “corpo nascido” constitui a mais pegajosa das CRENÇAS FALSAS COLETIVAS, e, em vista disso, SE FOR LIDO QUE “O CRISTO É TUDO EM TODOS”, por exemplo, nem assim “alguém” se despoja por completo desta CRENÇA FALSA que nos identifica com “aparências”!

A frase de Jesus é ILUMINADORA: “Geração incrédula e sem fé”! Ela nos diz que ACREDITAR NAS APARÊNCIAS VISTAS é a INCREDULIDADE EM SI; TAMBÉM NOS DIZ SER “AUSÊNCIA DE FÉ”!

“FÉ”, NA BÍBLIA, É “NOSSA CERTEZA DAS COISAS NÃO VISTAS”. Que seriam os “sinais”? EXPEDIENTES QUE NOS ABRISSEM A “CERTEZA DE QUE DEUS É TUDO”! Mas, se limitar a ver “aparências de doentes” trocadas por “aparências de curados” significaria “PERMANECER NA MESMA ILUSÃO DE MORTALIDADE, NA MESMA CRENÇA DE NASCIMENTOS E MORTES!

O Evangelho nos revela como Verdade UNIVERSAL a Verdade conhecida por Jesus sobre ele próprio! Não há ONIPRESENÇA abrangendo Jesus sem ESTAR ABRANGENDO A NÓS TODOS!

Que disse Jesus a seu respeito? O seguinte: “Pois eu vos digo que está aqui quem é maior do que o templo” (Mateus 12: 6).

As chamadas “curas” unicamente nos servem como “motivações” que nos façam perceber que “TODOS SOMOS MAIORES DO QUE O TEMPLO”! E isto por SERMOS A UNIDADE PERFEITA, A ONIPRESENÇA DE DEUS, E NUNCA “CORPOS CARNAIS”!

“Oro para que TODOS SEJAM UM, assim como NÓS, Ó PAI, SOMOS UM: PERFEITOS EM UNIDADE” – assim orou Jesus! Não poderia se contentar com quem se visse sendo “corpo carnal curado”! OS “SINAIS” DEVERIAM EXPANDIR A VISÃO DE TODOS, TIRANDO A ATENÇÃO DA “ILUSÃO DE CORPOS CARNAIS” RUMO À MESMA PERCEPÇÃO DA VERDADE VIVIDA POR ELE”

MEDITE E, REPETINDO JESUS, PERCEBA A SUA PRESENÇA NA MESMA VERDADE PERCEBIDA POR ELE, OU SEJA, NA ONIPRESENÇA UNIVERSAL INFINITA:

“ESTÁ AQUI QUEM É MAIOR DO QUE O TEMPLO”, O PAI INFINITO SENDO TUDO EM MIM!”

*

O SUPOSTO “MUNDO EXTERIOR” É MERA “IMAGEM FALSA INTERIOR”!

Caso alguém acredite “estar caminhando pelas ruas”, estará tão iludido quanto Moisés, quando acreditava “estar no Monte Sinai”. E a Verdade ouvida por ele, do próprio Deus, fez com que O SOLO SANTO, a Verdade ali PRESENTE, fosse percebida pelos seus sentidos espirituais.

Quando alguém “visita enfermos em hospitais”, ou “encarcerados em prisões”, o que disse Jesus? O seguinte: “A MIM ESTAREIS VISITANDO!”  E isto para que NINGUÉM seja iludido pelas “aparências” de mundo com doentes e presidiários! O SOLO EM QUE TODOS VIVEM É SAGRADO, ILUMINADO E PERFEITO, enquanto todas as “imagens mentais ilusórias”, insistentemente sugeridas pela suposta “mente carnal”, são meramente “sonhos”, sem  alguma possibilidade de estarem “exteriorizadas”. Alguém que se mostre “embriagado”, e iludido pelas “imagens” em sua visão errônea, poderá se agarrar a um poste, por acreditar vê-lo girando!

O SUPOSTO “MUNDO FENOMÊNICO” NÃO PASSA DE UM “SONHO”,

UM “DESFILE DE IMAGENS FALSAS” COMO AS APRESENTADAS A MOISÉS COMO SENDO REALIDADES!

“O Reino de Deus está presente no mundo inteiro”, disse Jesus! Revelava a “natureza falsa e hipnótica” de todas as imagens mentais tomadas como “mundo material exterior”, e que não passam de ILUSÕES MENTAIS!

Acreditar em “aparências” significa NEGAR que “estamos em solo santo” ; porém, mesmo fazendo esta “negação”, EM NADA O REINO DE DEUS OU OS

FILHOS DE DEUS SÃO AFETADOS! TODOS CONTINUAM EM DEUS, EM “SOLO SAGRADO”, VIVENDO COMO “DEUSES” NA UNIDADE PERFEITA, ESPIRITUAL E PERMANENTE!

Este conhecimento nos possibilita RECHAÇAR AS APARÊNCIAS como “nadas insubstanciais”, para que possamos “contemplar” a onipresença de Deus SENDO O CRISTO que somos!

“Não peço que os tires do mundo”, disse Jesus, “mas que os livres do mal”!

Diz a Bíblia que, em certa ocasião, Jesus e seus discípulos estavam num barco, quando houve um violento temporal com ventania que apavorou a todos, enquanto Jesus estava dormindo! Os discípulos o acordaram, assustados, e JESUS REPREENDEU A “IMAGEM FALSA”, VISTA POR TODOS, DIZENDO: “ PAZ! SÊ QUIETO!” E tudo se acalmou!

Que era a “ventania”? Que era o “temporal”? A ILUSÃO! A “IMAGEM MENTAL” OFUSCANDO A VERDADE DE QUE O REINO DE DEUS É TUDO! Jesus conhecendo a Verdade,  pôs fim às FALSIDADES sugeridas pelos supostos “sentidos humanos”!

“SÊ QUIETO!”, PARA JESUS, ERA A PRÁTICA DE SEU ENSINAMENTO, ISTO É, O RECONHECIMENTO INEQUÍVOCO DE QUE “O REINO DE DEUS É ININTERRUPTAMENTE TUDO”, E QUE, EM VISTA DISSO, TUDO PERMANECE SEMPRE “ESTANDO EM DIVINA ORDEM”, SENDO “SOLO SAGRADO ONIPRESENTE”! ASSIM TUDO FOI VISTO, PERCEBIDO E CONTEMPLADO PELA “MENTE DE JESUS”!

Quando Paulo nos diz: “QUE HAJA EM V ÓS A MESMA MENTE QUE HOUVE EM CRISTO JESUS”, ensina-nos a NÃO ENDOSSAR JAMAIS A ILUSÃO! IDENTIFICANDO-NOS DESTEMIDAMENTE COM A MENTE REAL E ÚNICA QUE TEMOS, A MENTE DE CRISTO, O SUPOSTO “MUNDO DE TRIBULAÇÕES recebe NOSSAS REPREENSÕES tais como as feitas por Jesus! AS REPREENSÕES SÃO DIRETAS, IMEDIATAS E TAXATIVAS, E NÃO SÃO “RESISTÊNCIAS AO MAL”! SÃO MERAMENTE A RADICAL IDENTIFICAÇÃO COM A VERDADE, E RADICAL DESVÍNCULO DE QUAISQUER “APARÊNCIAS FRAUDULENTAS”!

*

PELA GRAÇA HABITAMOS “EM DEUS!”

O estudo da Verdade requer um sólido e inabalável conhecimento da LETRA DA VERDADE, sempre com concomitante PERCEPÇÃO do ESPÍRITO DA LETRA, que a vivifica, como vem sendo enfatizado nas Mensagens do Facho de Luz.

“O REINO DE DEUS É CHEGADO”, diz a Bíblia! É um TESOURO ESCONDIDO NO CAMPO, disse Jesus em sua parábola! E a completou, dizendo que “aquele que o achou” vendeu tudo que tinha para “comprar aquele terreno”.

Desse modo, Jesus explica a maneira de nos livrarmos do “cativeiro de imagens hipnóticas”, sabendo “SERMOS DONOS DO TESOURO” E CIENTE, EM VISTA DISSO,  DE QUE  DEVEMOS INVESTIR TODOS OS MEIOS E RECURSOS PARA “PERCEBERMOS” O TESOURO QUE TEMOS! São as duas faces da mesma moeda: DEUS E SEU REINO SENDO TUDO, E O SUPOSTO “MUNDO DE APARÊNCIAS” SENDO NADA!

Joseph Murphy disse o seguinte: “Há riquezas infinitas em derredor, se você abrir os olhos mentais e contemplar a casa do tesouro incomensurável que há dentro de você. Há uma mina de ouro dentro de você, da qual pode extrair tudo aquilo de que necessita para levar uma vida gloriosa, repleta de alegria e fartura”.

Que significa “vender tudo que tem para comprar o terreno”? Significa se desapegar dos supostos “bens materiais” e empregar sábia e prioritariamente o tempo e os recursos disponíveis no entendimento e percepção de que VIVEMOS EM DEUS E NÃO EM “MUNDO DE APARÊNCIAS”.

Quais são as “faces da mesma moeda”? A TOTALIDADE DE DEUS E A NULIDADE DAS “APARÊNCIAS”!

“VENDER TUDO O QUE TEM PARA TOMAR POSSE DO TESOURO” É, PORTANTO, RECONHECER, NA MOEDA, DUAS FACES IDÊNTICAS, DIVINAS E ILUMINADAS!

“DEUS É LUZ”, E NELE INEXISTEM TREVAS! O “Reino de Deus” é reconhecido por Deus como ÚNICO, bastando-nos uma radical abdicação da CRENÇA EM MUNDO MATERIAL! Não existe “matéria” em Deus, e todo aquele, “apegado a irrealidades”, não se verá tal como realmente é, em sua NATUREZA INTEGRALMENTE DIVINA! Como disse Paulo, “O CRISTO É TUDO EM TODOS” – Verdade absoluta e imutável sobre o SER DESTITUÍDO DE MATÉRIA QUE SOMOS.

Vendo-nos DESTITUÍDOS DE MATÉRIA E DE CORPO CARNAL, DE IMEDIATO NOS IDENTIFICAMOS COM A REALIDADE E REFERENCIAL DE DEUS E DE NOSSA UNIDADE COM ELE! Isto porque, se nos virmos unificados com a ilusória “frequência mental” humana, apenas captaremos as “imagens hipnóticas” da ILUSÃO, assim como alguém, em pesadelo, nada percebe de algo existente fora dele!

O REINO DE DEUS LHE ESTÁ DADO E É, PORTANTO, CHEGADO! PARTA DO FATO REVELADO E ADMITA ESTAR EM UNIDADE COM DEUS, EM SEU REINO E EM SUA “UNIDADE PERFEITA”!

 JAMAIS SE IDENTIFIQUE COM “CARNAL” E SEU “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”! A VERDADE É A DECLARADA POR PAULO: “EM DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E TEMOS O NOSSO SER!”

LIBERTO DAS “IMAGENS HIPNÓTICAS”, ESTARÁ VOCÊ “FACE A FACE COM DEUS”, EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL A QUE JESUS CHAMOU DE “TESOURO”!

*

A MENTE “EU SOU” QUE VOCÊ É.!

Amado, você percebe que, se não houvesse Mente, não poderia haver nenhuma Existência?

Sem que houvesse conhecimento de ser, ninguém nem coisa alguma teria possibilidade de ser,  ou de existir? Isto é verdadeiro porque toda Substância, toda Forma, toda Atividade, consiste da Mente ativa consciente, ciente de Si mesma sendo o que Ela é. Se a Substância na Forma não fosse conhecida, a Substância na Forma não poderia ser.
 
Toda Substância na Forma é eterna. Toda Substância na Forma é tão eterna quanto a Mente consciente, que Se conhece como sendo eterna. A Mente que Se conhece como sendo toda a Substância na Forma, também Se conhece como sendo a Forma de toda Substância. A Mente que Se conhece como constante e eternamente ativa, conhece a Si mesma como a única atividade de toda Substância na Forma. Esta é a Mente “EU SOU” QUE VOCÊ É.
 
A Mente oniativa, consciente e eterna, não pode Se conhecer como substância temporal. Tampouco esta Mente constante e eterna pode Se conhecer como uma forma temporária. A Oniação eterna não pode Se conhecer como temporariamente ativa em ou como uma Forma ou Substância que comece e acabe. Nenhuma Substância na Forma começa a existir. Nenhuma Substância na Forma deixa de existir. Nenhuma Forma de qualquer Substância vem à Existência, nem tampouco sai da Existência.
 
A Mente que Se conhece como sendo Perfeição, não pode Se conhecer como substância imperfeita. A Mente que Se conhece como Perfeição oniativa, não pode Se conhecer como atividade imperfeita. A Mente que Se conhece como sendo Luz – todo Conhecimento – não pode Se conhecer como treva – ignorância. A Mente que se conhece como imensurável e irrestrita, não pode Se conhecer como circunscrita ou limitada, sob qualquer aspecto. A Mente que Se conhece como sendo inseparavelmente UNA, não pode Se conhecer como dividida em secções de si mesma.

ESTA É A MENTE EU SOU QUE VOCÊ É.

*

 

 

“QUALQUER QUE VOS MATAR CUIDARÁ FAZER UM SERVIÇO A DEUS!”

“Expulsar-vos-ão das sinagogas; vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus.”QUALQUER QUE VOS MATAR CUIDARÁ FAZER UM SERVIÇO A DEUS!”

João 16: 2

A ilusão de que “somos corpos carnais”, e não “deuses”, leva a humanidade a se identificar com “corpos carnais”, que supostamente nascem, envelhecem, morrem, e  que reencarnam! Nesta infinidade de CRENÇAS FALSAS, aparenta ser difícil, para alguém, se dissociar por completo da aceitação em massa de que “o homem é corpo carnal”.

Sempre que as mensagens aqui postadas salientam a “importância zero”, dada por Jesus ao suposto “corpo carnal”, o que é feito para destacar que DEUS É  ESPÍRITO, E É TUDO, sendo, portanto, o CRISTO QUE SOMOS, o que pode ser claramente notado, é um DESCONHECIMENTO TOTAL das Verdades ditas a esse respeito pelo próprio Jesus!

SÃO VERDADES QUE CONTRADIZEM AS RELIGIÕES,  SEUS “CULTOS À MATÉRIA”, E SUAS SUPOSTAS TRADIÇÕES! Em vista disso, quando a CRENÇA em “corpo carnal” é desmascarada, ocorre grande surpresa, quase nenhum interesse, e até mesmo DÚVIDA, que surge mediante a indagação:

“ONDE ESTÁ ISSO NA BÍBLIA? JÁ A LI VÁRIAS VEZES, E NÃO ME LEMBRO DE TER LIDO NADA DISSO!”

As Verdades se escondem sob as INÚMERAS MENTIRAS MACIÇAMENTE PREGADAS À HUMANIDADE, e “os olhos não as percebem”, durante as leituras! Todos se mostram HIPNOTIZADOS pela CRENÇA DE SEREM “CORPO CARNAL”! A  partir disso, surgem as CRENÇAS FALSAS DERIVADAS, que falam em “Dia de Finados”, em “extrema-unção”, em “aniversários terrenos”, em “missas de sétimo dia”, além de tantas outras! MAS SÃO TODAS ILUSÓRIAS:  PUROS “CULTOS À MATÉRIA”!

“Deixa aos mortos o enterrar seus mortos”, disse Jesus. Pregava a INQUEBRANTÁVEL “UNIDADE PERFEITA” QUE, COMO “DEUSES”, FORMAMOS O PRÓPRIO DEUS QUE, COM SEU VERBO, NOS FORMA!

Noutra passagem, Jesus disse que “A CARNE EM NADA SE APROVEITA”!

Ao preparar seus discípulos em suas idas às pregações da Verdade,  Jesus alertou-os da seguinte forma: “Tenho-vos dito estas coisas para que vos não escandalizeis.
Expulsar-vos-ão das sinagogas; vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus. E isto vos farão, porque não conheceram ao Pai nem a mim (João 16: 1-3).

Este “SERVIÇO A DEUS” é a DESCONSTRUÇÃO DA CRENÇA DE QUE “SOMOS CORPOS CARNAIS”. Explicava que viria, “aos discípulos”, A HORA DE SEREM MORTOS, QUE SERIA A HORA EM QUE “O CONSOLADOR” JÁ ESTARIA CONHECIDO POR ELES!

ESTARIA JESUS DEFENDENDO OS SUPOSTOS “SUICIDAS”? NÃO! NO CASO DE UM SUICIDA, QUE, APARENTEMENTE, SE DESFIZESSE DO SUPOSTO CORPO CARNAL SEM CONHECER A DEUS COMO ELE PRÓPRIO, CONTINUARIA COM A MESMA “MENTE CARNAL” E COM O MESMO “PROBLEMA”  E MESMA “ILUSÃO” EM QUE ACREDITAVA VIVER! A ILUSÃO ESTÁ NA MENTE CARNAL, E NUNCA NO CORPO CARNAL, QUE É MERA “SOMBRA DA MENTE”! 

*

O JÁ JULGADO “PRÍNCIPE DESTE MUNDO”!

“Deus é LUZ”, e não há nele “trevas nenhumas”, disse João. E tendo ele visto e tocado nesta Verdade, pôde afirmar “o que era desde o princípio”, nossa COMUNHÃO COM O PAI E COM JESUS CRISTO.

Jesus já havia testemunhado esta Verdade, dizendo: “ESTIVESTES COMIGO DESDE O PRINCÍPIO!”. Seria como “carnais”? A pergunta é: “QUEM ENXERGA CARNAIS?” Paulo explicou: “Quem vê o mundo e as coisas do mundo é o espírito do homem, que nele está; MAS NÓS NÃO RECEBEMOS DE DEUS ESTE ESPÍRITO DO MUNDO, MAS SIM O DE DEUS, PARA DISCERNIRMOS ESPIRITUALMENTE O QUE NOS É DADO GRATUITAMENTE POR DEUS!”

Não pode haver “verdades antagônicas”; por esse motivo, JESUS, DIANTE DO QUE “ERA DESDE O PRINCÍPIO”, testemunhou que SOMOS LUZ DO MUNDO, e que toda suposta TREVA é “mentira do pai da mentira”, “desde o princípio”

Em João 16: 7-11, assim disse Jesus: “Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.
Do pecado, porque não creem em mim;
Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais;
E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado”.

O “Consolador” recebe de Jesus este nome, por saber que sua ausência seria tremendamente sentida pelos fieis discípulos e pelos demais, que o amavam  tanto como eles. Mas sabia também que em sua ausência, lhes afloraria o “CONSOLADOR”, O ESPÍRITO DA VERDADE, sempre presente em todos, mas que, com a sua aparente  “ausência”, em cada um se manifestaria como a sua real identidade divina e eterna.

Quando ele (O Consolador) vier,  “convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo”.

DO PECADO, PORQUE NÃO CREEM EM MIM – MAS QUE PASSARÃO A CRER, POR TESTEMUNHAREM EM SI MESMOS A LUZ DO PRÓPRIO CRISTO ETERNO.

DA JUSTIÇA, PORQUE EU VOU PARA MEU PAI, E NÃO ME VEREIS MAIS- E PASSARÃO A VER A SI MESMOS E AOS DEMAIS SEGUNDO O “JUÍZO JUSTO”, E NÃO MAIS “SEGUNDO AS APARÊNCIAS FENOMÊNICAS”.

E DO JUÍZO – PORQUE JÁ O “PRÍNCIPE DESTE MUNDO ESTÁ JULGADO – O JUÍZO É FAZER COM QUE “OS QUE NÃO VEEM VEJAM, E OS QUE VEEM SEJAM CEGOS”.

ILUMINADOS PELO CONSOLADOR, ESTARÃO APTOS A SE VEREM “EM MIM”, INDO AO PAI EM SI MESMOS, E CONSTATANDO O “PRÍNCIPE DESTE MUNDO” JÁ ESTANDO JULGADO PELA VERDADE,  E ANULADO COM TODAS AS SUAS MENTIRAS, FICANDO À MOSTRA A TOTALIDADE DE DEUS, SENDO PERCEBIDA E CONTEMPLADA  EM SUA GLORIOSA “UNIDADE PERFEITA”.

*

O CRISTO, SENDO  VOCÊ, VIVE “EM MIM”!


“Quem crê em mim, crê NÃO EM MIM, mas NAQUELE QUE ME ENVIOU”

(João 12: 44).

Aquilo a que a humanidade costuma dizer tratar-se de “VERDADE MUITO PROFUNDA”,  é, de fato,  de tamanha simplicidade, que Jesus apenas disse para “TERMOS UM CORAÇÃO DE CRIANÇA”, para acatá-la como ALGO JÁ PRONTO, JÁ EM EXPRESSÃO, ALGO JÁ SE EVIDENCIANDO, E ALGO JÁ SENDO A VERDADE QUE SOMOS! Poderia haver algo mais simples?

“VINDE A MIM”, é o que nos revela, aqui e agora, que SOMOS O CRISTO, e nada mais! Por isso, este chamado sempre veio sendo repetido pelos reveladores da Verdade de todos os tempos, como Krishna, Buda, Isaías, Paulo, João, e tantos outros! “VINDE A MIM!”, disseram todos eles! E todos cuidaram para evitar que este “MIM” fosse entendido como a “pessoa do revelador”! Jesus, por exemplo, assim declarou: “Quem crê em mim, crê NÃO EM MIM, mas NAQUELE QUE ME ENVIOU” (João 12: 44). Revelava ao mundo o EU SOU INFINITO, ONIPRESENTE, O PRÓPRIO DEUS SE EVIDENCIANDO COMO CADA FILHO, OU CRISTO!

Certa vez, explicando esta Verdade a um grupo de evangélicos, um deles assim me disse: “Você mesmo está dizendo que JESUS FOI ENVIADO POR DEUS, não disse?”. Perguntei a ele: “E VOCÊ, VEIO ENVIADO PELO CAPETA?”. Esta é a questão! AS PESSOAS “PERSONALIZAM AS REVELAÇÕES” E AS TORNAM “MUITO PROFUNDAS”!

O próprio Jesus desmentiu estas CRENÇAS que o consideram “mais divino” do que todos os demais”, ao revelar SER A LUZ DO MUNDO e estender a mesma Verdade como VÁLIDA PARA TODOS NÓS, dizendo: “VÓS SOIS A LUZ DO MUNDO”! Nem Jesus nem Buda nem ninguém é LUZ PESSOAL DO MUNDO! DEUS É QUE É LUZ INFINITA EM QUE INEXISTEM TREVAS! EM OUTRAS PALAVRAS, SEJA QUEM FOR QUE ASSIM DIGA: “EU SOU A LUZ DO MUNDO”, ESTÁ SE DIZENDO IDENTIFICADO “COM MIM”, COM A UNIDADE PERFEITA, COM A ONIPRESENÇA DIVINA! Enquanto isto não for aceito e reconhecido, a ILUSÃO, que “divide a Verdade” em “mestres e discípulos” parecerá predominar! 

O QUE É DIRETO, SIMPLES E NADA PROFUNDO,  É SIMPLESMENTE “DEUS SENDO TUDO”, SENDO “UM”, SENDO O CRISTO “EM MIM” DE TODOS!

Com “coração de criança”, livre-se da CRENÇA que o possa levar a acreditar VIVER NA CARNE, e aceite o convite que lhe é feito: “VINDE A MIM”! Apenas TROQUE DE REFERENCIAL, assim reconhecendo:

EU, DESDE O PRINCÍPIO”, ESTOU “EM MIM”, VIVENDO “EM MIM”, SENDO “O VERBO DIVINO” SE EXPRESSANDO EM UNIDADE  COM O TODO E, INDIVIDUALMENTE, SE EXPRESSANDO COMO “O CRISTO”!

Esta é a VERDADE QUE ETERNAMENTE se exprime como o CRISTO EM VOCÊ! E é a VERDADE que Paulo percebeu EM SI MESMO, dizendo:

JÁ ESTOU CRUCIFICADO! NÃO SOU MAIS EU. O CRISTO VIVE “EM MIM”!

PERCEBEU-SE NA “UNIDADE ESPIRITUAL PERFEITA”, NEGANDO E ANULANDO O SUPOSTO “SER CARNAL”, IRREAL E ILUSÓRIO, QUE ANTES PARECIA ESTAR PRESENTE E SENDO SUA IDENTIDADE! CONHECEU A SI MESMO COMO “NASCIDO DO ESPÍRITO”, SENDO O CRISTO, SEM JAMAIS TER SIDO A ILUSÃO DE “TER SIDO NASCIDO DA CARNE”! A mesma Verdade foi endossada por Jesus, diante daqueles iludidos pela CRENÇA em “carnais”: “Antes que vosso mestre Abraão existisse, EU SOU”!

Onde se viam Jesus e Paulo VIVENDO E SENDO? “EM MIM”! PORTANTO, DO MESMO MODO, AO DIZER “EU SOU”, PERCEBA SUA PRESENÇA “EM MIM”. Para isso, Jesus disse que “NOS DEU A GLÓRIA DE SERMOS UM”; e para isso, Paulo disse que “EM DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E EXISTIMOS”!

AGORA E SEMPRE, “EM MIM”!

*

“A HORA VEM, E AGORA É!”

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.”

João 4: 23,24

De fato, AGORA É A HORA, “em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e verdade”, e isto como decorrência óbvia da Revelação Absoluta de que DEUS É TUDO, E É PRESENÇA ÚNICA, sendo, portanto, a NOSSA PRÓPRIA PRESENÇA!

Por que é AGORA? Esta informação foi dada por Jesus à samaritana, que havia lhe perguntado se “Deus deveria ser adorado naquele monte ou em Jerusalém”. Sua pergunta deixava claro estar ela acreditando num Deus que não fosse TUDO, podendo ser “adorado” em separado de SI MESMA, em algum lugar “deste mundo”. Mas Jesus esclareceu a ela que “os verdadeiros adoradores ADORAM O PAI “EM ESPÍRITO E EM VERDADE”.

O ensinamento de Jesus corrige o Antigo Testamento, dualista, em que DEUS É “SENHOR”, e cada FILHO DE DEUS É SEU “SERVO”. Desse modo, em vez de enaltecer a Deus como “Senhor”, o Novo Testamento honra a Deus como os FILHOS QUE SOMOS, ao que Jesus chamou de “JUÍZO JUSTO”: cada filho se honrar como “honra o Pai”, ou seja, SENDO UM COM O PAI, abolindo o errôneo “JUÍZO SEGUNDO AS APARÊNCIAS”.

Dessa forma, ficou decretado o FIM DA CRENÇA em “existência humana” e, por conseguinte, O FIM DA CRENÇA EM “SERVOS DE DEUS”, EM “CARNAIS” NASCIDOS DE MORTAIS, E DE SUPOSTOS SERES VIVENTES “AO LADO DE DEUS”.

Para a Verdade ser dita nos novos termos, assim disse Jesus: “E vós também testificareis, pois, estivestes comigo desde o princípio”. Por que é colocada a palavra “também”?  Para cada um saber que O QUE JESUS TESTIFICAVA DE SI PRÓPRIO, PELO “JUÍZO JUSTO”, todos nós TAMBÉM testificaremos, POR CONSTITUIRMOS A  MESMA UNIDADE CELESTIAL, A MESMA UNIDADE PERFEITA!

“Aquele que me vê a MIM, vê o Pai”, disse Jesus, para exemplificar em SI MESMO a Verdade que todos TAMBÉM testificaremos. E Paulo, dizendo que “glorificássemos a Deus em NOSSO CORPO e em NOSSO ESPÍRITO”, por pertencerem a Deus, explicava o mesmo FATO ABSOLUTO DE QUE UNICAMENTE DEUS É REALIDADE, O CRISTO QUE SOMOS, “EXTENSÃO PERFEITA” DO PRÓPRIO DEUS!

*

“AQUELE QUE GUARDAR A MINHA PALAVRA NUNCA VERÁ A MORTE!”

“Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém, tu vai e anuncia o reino de Deus”.

(Lucas 9: 59-60).

Não há quem enxergue sua sombra se movimentando pelo chão, e que acredite ter ela “vida própria para se mexer”. E quando nos é dada a revelação de que “somos o Templo de Deus, com o Espírito de Deus habitando em nós”, o que está ali implícita é a Verdade de que o suposto “corpo carnal” somente se mostra “em movimento” por ser simples e temporária “sombra” da Oniação divina.

“Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos”, disse Jesus àquele que desejava primeiro “enterrar seu pai”, para só depois se apresentar para segui-lo! Jesus tinha pleno conhecimento da Verdade de que “enterrar mortos” seria “enterrar sombras”! Por isso, disse taxativamente a ele: “Vai e anuncia o reino de Deus!”.

Até hoje, a CRENÇA em “nascimentos e mortes” é aceita normalmente! O “mundo do pai da mentira” continua sobressaindo e distorcendo os fatos reais, promovendo seus cenários hipnóticos e mentirosos,  só “vistos” com o emprego da “mente carnal”. Que continha a resposta de Jesus? A VERDADE DE QUE DEUS É TUDO, UM DEUS DOS VIVOS, SENDO, COM SEU VERBO, TODOS OS FILHOS DE DEUS ETERNAMENTE FORMANDO A UNIDADE PERFEITA!  DESSE MODO, CABE A CADA UM, COM SUA PRÓPRIA MENTE DIVINA, “ANUNCIAR O REINO DA VERDADE”, A FIM DE “RESSUSCITAR OS MORTOS”, QUE SÃO AQUELES QUE SE IDENTIFICAM COM “CORPOS CARNAIS”, TAXANDO-OS COMO “VIVOS”, SEM A MÍNIMA NOÇÃO DE QUE “SE MOVEM PELO ESPÍRITO DIVINO”, ONIPRESENTE E EM SI MESMOS, E NÃO POR MEIO DAS SUPOSTAS “SOMBRAS HUMANAS TEMPORAIS”!

Assim disse Jesus: “Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém GUARDAR A MINHA PALAVRA, NUNCA VERÁ A MORTE” (João 8: 51). O INFINITO é eternamente espiritual e VIVO! Por isso, o entendimento de que “não devemos chamar de pai a nenhuma “sombra terrena”, abre-nos à PERCEPÇÃO da real Vida divina eterna, ou seja do CRISTO que todos somos! Não há realidade em suposta “vida terrena” nem em “vida em outros supostos planos”! A suposta “mente” carnal precisa ser reconhecida como ILUSÓRIA, e nunca como a NOSSA MENTE! Desse modo, como afirmou Jesus, “nunca veremos a suposta morte”, cientes de que O CRISTO É A VIDA ETERNA DE TODOS NÓS, VIVENDO COMO “DEUSES” NO REINO DE DEUS, AQUI E AGORA!

*

A VERDADE SOBRE AS “BOAS OBRAS” ATRIBUÍDAS A NÓS!

“Porque somos criação de Deus, realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos”.
Efésios 2: 10

A crença ilusória de que “há dois mundos”, o material e o divino, vai pouco a pouco sendo desmantelada pela Verdade conhecida através de nossas radicais e dedicadas “contemplações absolutas”. O fato é que DEUS É TUDO, e Sua Oniação abrange a totalidade das atividades universais.

Paulo assim diz: Porque somos criação de Deus, realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos. Explica que SOMOS FEITURA DE DEUS, nunca como supostos “carnais”, mas EM CRISTO, NO FILHO ESPIRITUAL QUE SOMOS, PARA, COMO DISSE JESUS, AGIRMOS NA ONIAÇÃO, “FAZENDO O QUE VIRMOS O PAI FAZER”!

Este é o FATO ABSOLUTO que desmantela a crença em “atividades terrenas”.

“Vós, deste mundo não sois”, afirmou Jesus, destruindo a ILUSÃO DE “MUNDO MATERIAL”!

Quando os discípulos comunicaram a Jesus a chegada de “sua mãe e seus irmãos”, assim ele lhes respondeu: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que fazem a vontade de meu Pai”. Estava confirmando a Verdade de que “somos feitos em Cristo”,  ativos na Oniação, pelo “Ventre divino que jamais gestou”, derrubando por terra a ILUSÃO de “existência material”.

O que Paulo revela, em Efésios, é que SOMOS O CRISTO ONIATIVO, e nunca “carnais” divididos em QUEM AGE COMO BEM OU AGE COMO MAL, segundo as “aparências” do “mundo do pai da mentira”.

“ORAI SEM CESSAR”, dizem as Escrituras, e as orações devem admitir NOSSA PRESENÇA EM CRISTO, NOSSAS ATIVIDADES NA ONIAÇÃO, E NOSSO RECONHECIMENTO DE QUE UNICAMENTE DEUS E SEU REINO SÃO REALIDADES!

 Deus Se revela como Seus Filhos, habitantes de SEU “REINO CONSUMADO”, sempre em ONIATIVIDADE, sempre como UNIDADE PERFEITA!  Este é o sentido da revelação de Paulo, quando diz para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos.

Aqueles que se dizem “autores de boas ou más obras terrenas”, partindo de si mesmos como “carnais”, vivem no ilusório “mundo dos pares de opostos” das crenças coletivas”, acreditando agir de si mesmos, sem se perceberem ativos  na Oniação.  Àqueles que se vangloriam de suas aparentes “boas obras”, Jesus a tais assim disse responder: “EU NUNCA VOS CONHECI!”. Por isso também não deu crédito à “gestação humana de si mesmo”, como “feito fosse em ventre materno”. O que Jesus pregava era a Verdade de que SOMOS O CRISTO, SERES FEITOS PELO “VENTRE QUE JAMAIS GESTOU”, NÃO ACREDITANDO NEM “EM BEM” NEM “EM MAL” EXPOSTOS PELA ILUSÓRIA “MENTE CARNAL”.

Nesta citação, Paulo deixa bem claro que DEUS, COMO CRISTO, NOS VÊ EM SUA ONIAÇÃO PERFEITA, E NÓS, MEDITANDO E NOS VENDO NELA INCLUSOS, AGIREMOS EM UNIDADE COM A VERDADE, QUANDO, APARENTEMENTE, PRATICAREMOS AS “BOAS OBRAS” SEM QUE AS VEJAMOS COMO “SENDO FEITAS” POR ILUSÓRIOS “SERES ENCARNADOS”!

*