A VERDADE ETERNA É O ABSOLUTO SENDO !

Aparentemente, incontáveis gerações viveram acreditando na ilusória “mente carnal”, e achando ser verdade que  “nasceram de óvulo materno fecundado”, com suposto “corpo carnal”, com o que se preocuparam todo o tempo em que ficaram sob o jugo da ilusão! Para destruir esta crença falsa, mas pegajosa, Jesus declarou: “Bem-aventurado o Ventre que jamais gestou” – O ABSOLUTO!

Todas as dificuldades e problemasque acreditaram ter enfrentado, JAMAIS EXISTIRAM! Apenas eram CRENÇAS em forma de “imagens hipnóticas”, vistas como substanciais e reais! E suas dores e sofrimentos, “aparências” decorrentes da ilusão, também por todos eram mesmo tratados como realidades! Não creram em Jesus, quando disse “ser um mundo do pai da mentira”!

A Verdade eterna é O ABSOLUTO SENDO! E nada há, senão este DEUS ABSOLUTO em expressão infinita e onipresente!

O apóstolo Paulo conhecia esta Verdade, e assim nos revelou: “Em DEUS vivemos, nos movemos e existimos”, frase que para a ilusória “mente carnal” é pura LOUCURA! Em vista disso, Paulo disse também: “As coisas de Deus são loucuras para os homens, e as coisas dos homens são tolices para Deus”.

Até hoje, o grosso da humanidade insiste em acreditar mais na “mente ilusória” do que nas revelações de quem descobriu possuir a Mente divina, já que DEUS É TUDO! 

Paulo percebeu também que A CRENÇA EM CORPO CARNAL NASCIDO é a “RAIZ” principal desta ilusão! Prova disso, é que cada “boneco visto em velório” faz a maioria  crer que ALGUÉM MORREU! Para aclarar a questão, Jesus chamou de MORTOS  àqueles “bonecos sem vida”, por serem meras “sombras” se movimentando temporariamente, E MAIS NADA!

Nascidos e mortos JAMAIS EXISTIRAM, sendo meramente CRENÇAS DA MENTE CARNAL, inapta para ENXERGAR O RADIANTE REINO ONIPRESENTE E ETERNO DE DEUS!

“Eu sou a ressurreição e a vida”, disse Jesus, IDENTIFICADO COM A UNIDADE PERFEITA que o incluía,  e que nos inclui a todos! E sua INCLUSÃO se devia à Verdade de SER O CRISTO, O EU SOU IMORTAL, SENDO ELE PRÓPRIO “DESDE ANTES QUE ABRAÃO EXISTISSE”!

O real cristianismo pretende que TODOS SE ENCONTREM SENDO O CRISTO, VIVENDO EM DEUS, NA UNIDADE PERFEITA! Portanto, toda CRENÇA em “mundos fenomênicos” ou em “planos de existência”, não passa de desvio e de pura perda de foco! “BUSCAI EM PRIMEIRO LUGAR O REINO DE DEUS”, disse Jesus, para deixar BEM CLARO o que todos terão de fazer! Por esse motivo, não disse à samaritana que devesse “adorar a Deus naquele monte ou em Jerusalém”, MAS SIM, EM ESPÍRITO E EM VERDADE! Sabia que unicamente DEUS é realidade, e que não receberia adoração de “carnais” em “mundo do pai da mentira”!

O suposto “corpo carnal” é o grande entrave para que A VERDADE SEJA CONHECIDA! Por isso, assim disse Paulo\: “GLORIFICAI A DEUS NO VOSSO CORPO E NO VOSSO ESPÍRITO, OS QUAIS PERTENCEM A DEUS”! PUNHA FIM à crença de que “TEMOS CORPO CARNAL NASCIDO”! E explicava que o CORPO REAL que temos pertence a Deus, é  iluminado, imortal e perfeito, “desde o princípio”.

Nesta visão iluminada, NOSSO CORPO PERTENCE A DEUS, E SOMOS O DEUS POSSUIDOR DE NOSSO CORPO! VERDADEIRO, GLORIOSO, ETERNO E ILUMINADO!

Somente pelo conhecimento dessa Verdade, a humanidade deixará de ser ILUDIDA pelas crenças do mundo!

Somente então, o REINO DE DEUS, sempre JÁ CHEGADO, é aqui percebido, com TODOS OS SEUS HABITANTES NELE VIVENDO, E NELE SE EXPRESSANDO COMO DEUSES!

*

“BATEI, E SE VOS ABRIRÁ!”

Falando sobre Deus, assim disse Lao Tse: “Se alguém O definir, não será Ele”! O mais importante, naquilo que nos diz respeito, é que O QUE DEUS É, É QUEM TODOS AGORA SOMOS! Nunca somos o que pensarmos que somos, pois, seria mera definição ou conceituação finita, enquanto O QUE SOMOS É INFINITO!

Se considerarmos o Universo infinito sendo um DIAMANTE INFINITO, um BRILHANTE de INTENSA LUZ\ INFINITA, e meditarmos, totalmente abertos para que o próprio Universo onisciente se mostre sendo o CRISTO UM COM O PAI que somos, as revelações se sucederão, e as CRENÇAS MORTAIS serão caladas e extintas!

SOMOS O QUE DEUS SABE SOBRE NÓS, E, PORTANTO, SOMENTE NOS CONHECEREMOS NOS ABRINDO ÀS REVELAÇÕES DIVINAS ABSOLUTAS!

Foi nesse sentido que Jesus assim declarou: “Ninguém vem a MIM, se o Pai

 não o trouxer”.

Como Lao Tse, sabia que SER UM COM O PAI quer dizer SER O PAI E SER O FILHO, como diz a analogia da gota e oceano: “Quem vê a gota, vê o oceano, que é a gota e é o oceano, maior do que a gota”!

Aquele que medita “entregue à totalidade de Deus, ciente de ESTAR INCLUSO NELA, ficará corretamente no silêncio receptivo, com a Mente de Cristo reconhecida como sendo a dele, e ABERTO ÀS REVELAÇÕES ABSOLUTAS!

“O Pai o traz A MIM” foi apenas uma didática explicitada por Jesus, uma vez que DEUS É TUDO, E, PORTANTO, TUDO E TODOS JÁ ESTÃO “TRAZIDOS A MIM”, DESDE O PRINCÍPIO”, Verdade que unicamente REQUER QUE “NOS ABRAMOS” À REVELAÇÃO E PERCEPÇÃO DESTE FATO PERMANENTE!

Enquanto as supostas “gerações fenomênicas” eram vistas como realidades, Krishna, Buda, Jesus, Lao Tse e Jesus já nos viam como DE FATO SOMOS, na Unidade Perfeita! E seus dizeres não eram apenas informações! Eram instruções para que PERCEBÊSSEMOS

QUEM E COMO SOMOS, em vez de nos interessarmos por saber como ALGUÉM PASSOU POR EXPERIÊNCIAS DE ILUMINAÇÃO! JAMAIS PALAVRAS TRADUZIRÃO A VERDADE! Também por isso, Lao Tse disse que “DEUS NÃO PODE SER DEFINIDO”,

 e Jesus disse que “NINGUÉM VAI MIM, SE O PAI NÃO O TROUXER”!

Nem palavras nem pensamentos revelam QUEM ou COMO VOCÊ AGORA É! Desse modo, o que lhe cabe fazer, é NEGAR TUDO QUE A MENTE CARNAL DIZ A SEU RESPEITO, SILENCIAR-SE,  EXPERIENCIAR DEUS , E SE PERCEBER DIRETAMENTE NO REINO QUE DEUS, QUE, DESDE O PRINCÍPIO, DEUS LHE CONCEDEU!

“Batei, e se vos abrirá”, disse Jesus. Portanto, BATA À PORTA DE SUA CONSCIÊNCIA, E ESTA, SENDO-LHE ABERTA, DEIXARÁ  EXPOSTA A LUZ DO ALTO QUE VOCÊ É!

*

A ILUSÃO NÃO DISPÕE DE “MATÉRIA-PRIMA” PARA SE MANIFESTAR!

Quando didaticamente associamos a ILUSÃO com “imagem hipnótica”, tal analogia busca nos facilitar a “soltura das aparências”, entendendo-as como “nadas”! A ilusão é ilusão, ou seja, DEUS, DE FATO, É TUDO, E TUDO É VERBO DIVINO EM EXPRESSÃO, MESMO QUE A ILUSÃO TENTE SE FAZER PASSAR POR REALIDADE SUBSTANCIAL”.

Se dissermos que a ilusão é nada, e que a matéria é ilusão, alguém poderá achar um absurdo, e nos dizer: “Como pode não existir matéria, se os médicos, com, bisturis de matéria, operam e “cortam pedaços do corpo” em suas operações?

ALGUÉM DIZER QUE “ESTÁ VENDO MATÉRIA” EM NADA SIGNIFICA QUE O QUE ELA AFIRMA ESTAR VENDO SEJA MATÉRIA! UM ANDARILHO NO DESERTO, ALUCINADO PELA SEDE, AFIRMA ESTAR VENDO UM “OÁSIS MATERIAL”!  UM SONHADOR, EM SONO PROFUNDO, ACREDITA PIAMENTE ESTAR VENDO SITUAÇÕES MATERIAIS E CORPOS CARNAIS COMO REALIDADES!

MAS EM AMBOS OS CASOS, A SUPOSTA “MATÉRIA VISTA” ERA PURAMENTE ILUSÃO!

Joel S. Goldsmith disse ter realizado muitas curas por ter visto, numa experiência de hipnotismo, alguém num palco, hipnotizado para “VER” UM “POODLE BRANCO” DE CARNE E OSSO À SUA FRENTE,  SE ESFORÇANDO PARA CONTROLAR O SUPOSTO CÃO. QUE NÃO PASSAVA DE UMA “IMAGEM MENTAL”.

Não existe “matéria”, matéria é ilusão! E enquanto alguém se curvar ao “hipnotismo de massa”, achará que “bem e mal” são realidades, e acreditará “ter tido pais na terra”, que JAMAIS EXISTIRAM!

UNICAMENTE DEUS É REALIDADE! E A MATÉRIA-PRIMA ÚNICA, ONIPRESENTE E PERFEITA, É O VERBO DE DEUS!

Como Goldsmith realizava as curas? A cada chamado, vinha-lhe a CRENÇA EM MAL MATERIAL, e ele, de imediato, a interpretava como sendo um “poodle branco”, “imagem mental”, puro NADA!

Seja Buda, Jesus, VOCÊ, ou qualquer outro FILHO DE DEUS, estará sempre SENDO Automanifestação do Verbo de Deus!

JAMAIS ESTEVE PADECENDO DE SOFRIMENTOS FÍSICOS, MEROS SENSACIONISMOS DE NATUREZA HIPNÓTICA!

Quem acreditar nestas Verdade, encarará o “deserto sem oásis”, o “palco sem poodle algum”, e seu CORPO ETERNO SEM MATÉRIA ALGUMA! Estará apto a reconhecer seu CORPO TRANSFIGURADO, GLORIOSO, FEITO DO VERBO DIVINO! E SABERÁ QUE ESTE SEU CORPO É “TEMPLO DE DEUS”, JAMAIS NASCIDO E JAMAIS TENDO ESTADO EM “VENTRE DE MATÉRIA”!

Que era o suposto “ventre material”?  Que era o suposto “corpo nele gestado”?

ILUSÃO!

*

“PARA QUE SEJAIS FILHOS DO VOSSO PAI QUE ESTÁ NOS CÉUS”!

“Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.
Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;
Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?
E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim?”

Mateus5: 43-47

Por que DEUS NÃO DIFERENCIA “SANTOS” DE “PECADORES”, OU “JUSTOS DE INJUSTOS”? “SUA CHUVA CAI SOBRE JUSTOS E INJUSTOS”, disse Jesus!

O “juízo segundo as aparências” é o verdadeiro inimigo da humanidade. Isto por iludir as pessoas, desviando-as do REGIME DA GRAÇA para o “REGIME DA LEI”. Que diz a Lei mental? “Não te dou o que me pedes, mas sim, o que se sintoniza com a tua frequência mental”.

A Verdade é DEUS SENDO TUDO, razão pela qual “Deus faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos”.

O que Jesus revela é que DEUS É A UNIDADE PERFEITA que desconhece a falsidade chamada  “crença no bem e no mal”! Esta CRENÇA é falsidade, e, quem der crédito a ela também dará crédito ao hipnótico “mundo do pai da mentira”, e, com isto, aparentemente, viverá  como “nascido da carne”, enxergando “bem e mal” em tudo e em todos! E então, a Lei da mente comprovará este DESVIO DE DEUS, atraindo-lhe os supostos acontecimentos condizentes com sua “frequência mental” dualista.

“Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus”, disse Jesus. Explicava nossa PERMANÊNCIA EM MIM, na UNIDADE PERFEITA, em que realmente “vivemos, nos movemos e existimos”, como disse Paulo.

“Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim?”

 

Jesus  não defendia o “amor condicional”, que “ama os bons e detesta os maus”! Sabia que tal juízo é da “mente carnal” e não da Mente de Cristo que temos! E, ao nos corrigir este “hábito do mundo”, dava-nos o meio de FUGIR DA LEI PARA VIVERMOS NA GRAÇA!

A “mente carnal é a inimizade contra Deus”, pois só conhece a “justiça dualista dos escribas e fariseus”, que se baseia na CRENÇA NO BEM E NO MAL, desviando seus praticantes “DE MIM” para a ILUSÃO, da “GRAÇA” para a LEI, da “UNIDADE” para a DUALIDADE, e da “VERDADE para a MENTIRA!

Aquele que foge desta “arapuca”, permanecendo em suas palavras, será cumpridor da elevada e sublime instrução iluminada: “Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céu!”

Em outras palavras. será AQUELE A VIVENCIAR A DEUS COMO SENDO TUDO E TODOS – NA UNIDADE PERFEITA!

*

“E ENTÃO PEGARAM EM PEDRAS PARA LHE ATIRAREM!”


“Disse Jesus: Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se.
Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinquenta anos, e viste Abraão?
Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou.

João 8: 56-58

Quando é dito que DEUS  É TUDO, e que o suposto “mundo material” é ilusório,  sendo apenas um “efeito hipnótico de massa”, o que é preciso ser reconhecido, é o FATO DE QUE UNICAMENTE DEUS É SUBSTÂNCIA REAL.

Que é um “efeito hipnótico”? Que significa um hipnotizador entregar a uma mulher uma “caixa de papelão vazia”,  induzindo-a a acreditar piamente estar recebendo um “ramalhete de flores”? Enquanto a deixasse  sob a “sugestão hipnótica”, ficaria feliz e agradecida, convicta de “ter ganho as flores”! PARA ELA, O PAPELÃO SERIA UM MARAVILHOSO RAMALHETE VISTO EM SUAS MÃOS.

Por que a ILUSÃO de “vida material” é chamada de “hipnotismo de massa”? Por ser uma  IRREALIDADE vista e aceita coletivamente como REALIDADE pela humanidade!Algo como se todos estivessem vendo o mesmo ramalhete, SEM VER A  “CAIXA DE PAPELÃO HIPNÓTICA”  presente NO LUGAR DELE!

Se um “hipnotizado” escutasse outro a lhe dizer: “Gostou do ramalhete que lhe dei?”, certamente  diria: “Claro que sim!”, e ambos acreditariam na mentira hipnótica, por ser “ilusão coletiva”! Alguém do mundo, comprando um ramalhete, creria ter ele realidade? Esta é a questão: alguém se PERCEBER NA ONIAÇÃO, sem crer “ser alguém” do mundo, que é mero “hipnotismo coletivo”.

A VERDADE É QUE DEUS É TUDO, e o VERBO DIVINO é a Substância ÚNICA em EVIDÊNCIA PERMANENTE E PERFEITA POSSÍVEL DE EXISTIR. Como diz a Bíblia, “SEM O VERBO, DEUS, NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ”.

Ao responder aos discípulos sobre “quando viria o Reino de Deus”, respondeu Jesus: “O REINO ESTÁ PRESENTE NO MUNDO INTEIRO, MAS OS HOMENS NÃO O ENXERGAM”.

Falava-lhes do “hipnotismo de massa”, um “efeito” que os fazia VER MATÉRIA, quando TUDO JÁ ERA ESPÍRITO! Mas nada entendiam!

 

Praticar a Verdade não se limita à simples leitura de princípios espirituais!  Esta citação de Jesus já foi aqui repetida em diversas mensagens! Entretanto, se “o hipnotismo de massa” não foi negado e destruído, pela ACEITAÇÃO DA VERDADE ETERNA ANUNCIADA, as leituras teriam sido feitas em vão, sem cumprirem objetivo algum!

Quando Jesus comentou com os judeus que conhecia Abraão, o mestre deles, assim eles lhe disseram: “Ainda não tens cinquenta anos, e viste Abraão?” Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou”.

Sob o “hipnotismo de massa”, os judeus viam Jesus sendo “corpo carnal com idade terrena”, enquanto Jesus se via na UNIDADE PERFEITA e nela sendo O CRISTO!

  • ” E então pegaram em pedras para lhe atirarem (João 8: 59).

Esta  visão de Jesus sobre si mesmo deve ser adotada como nossa posição crística como “praticantes da Verdade”, quando “contemplamos” o CRISTO ETERNO QUE SOMOS e descartamos o ilusório “carnal hipnótico” pelo reconhecimento do VERBO DE DEUS SE EVIDENCIANDO COMO “NASCIDOS DO ESPÍRITO”, E NUNCA COMO “NASCIDOS DA CARNE”, ILUSÃO HIPNÓTICA E SEM QUALQUER SUBSTÂNCIA, PURÍSSIMO “NADA”!

*

O “EU GLORIOSO” SENDO O “EU” QUE É VOCÊ!

Quando Paulo diz que “carne e sangue não herdam o Reino de Deus”, ou quando Jesus diz que “somos LUZ do mundo”, estão revelando O DEUS VERDADEIRO E SEU REINO VERDADEIRO! Não existe NADA, senão um Reino de Luz divina! E esta Verdade anula todos os conceitos religiosos emitidos pelas Escrituras, que falam sobre “sangue”, e que negam que DEUS É TUDO, QUE DEUS É LUZ ONIPRESENTE, E QUE, COMO DISSE JOÃO,  “NELE NÃO HÁ TREVAS NENHUMAS”!

Na verdade, NADA HÁ, SENÃO DEUS! E este DEUS, ÚNICO E ONIPRESENTE, FAZ EMANAR DE SUA LUZ TODA A REAL EXISTÊNCIA! Você é LUZ unicamente por este motivo!

A ilusão fomenta a CRENÇA de que “HAJA ALGO ALÉM DE DEUS”! Mas quando Jesus declara que SOMOS PERFEITOS EM UNIDADE, não reconhece qualquer dualidade como existente! Por que “carne e sangue não herdam o Reino de Deus?” Porque O REINO ESTÁ CONSUMADO, É OBRA ILUMINADA E PERMANENTE DE DEUS, E JAMAIS EXISTIRAM “SACRIFÍCIOS DE ANIMAIS”, OFERECIDOS A DEUS NEM JAMAIS EXISTIU FILHO DE DEUS SE SACRIFICANDO PARA  SALVAR SUPOSTA HUMANIDADE PECADORA, QUE JAMAIS EXISTIU! 

DEUS É ESPÍRITO E, COMO É TUDO, JAMAIS EXISTIU “MUNDO MATERIAL, “PALCO ILUSÓRIO” DE EXPOSIÇÃO DE PURAS ILUSÕES!

Enquanto a TOTALIDADE DE DEUS for negada, enquanto “DOIS SENHORES” estiverem sendo considerados, enquanto “alguém” aparentar ser “outro ao lado de Mim”, ao lado do DEUS ÚNICO E VERDADEIRO, OU DO SEU REINO VERDADEIRO, QUE É A UNIDADE PERFEITA,  A VERDADE ESTARÁ SENDO NEGADA PELA “MENTE QUE NÃO É MENTE”, e aparentará ESTAR AUSENTE E NÃO SER VERDADEIRA!

As “contemplações da Verdade” requerem uma radical e total IDENTIFICAÇÃO COM DEUS, para que “PERMANEÇAMOS EM MIM” conscientes de que, afora DEUS, nada mais existe!

“Eu e o Pai somos UM”, disse Jesus! VOCÊ E O PAI SÃO IGUALMENTE UM! E, O QUE É ÓBVIO, É QUE ESTE “UM” É O “UM ÚNICO”! É O “UM” QUE KRISHNA É, É O “UM” QUE BUDA É, É O “UM” QUE JESUS É, É O “UM” QUE EU SOU, É O “UM” QUE VOCÊ É, E É O “UM” QUE TODOS SÃO, AQUI E AGORA! Foi por isso que assim disse Jesus:
“DEI-LHES A GLÓRIA PARA SEREM UM, PERFEITOS NA UNIDADE”!
 
As “aparências” formam o chamado “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”,  QUE TEM TANTA REALIDADE QUANTO A  “TERRA DO NUNCA”, de Peter Pan e Wendy!
ENQUANTO A TOTALIDADE DE DEUS NÃO FOR RECONHECIDA, VIVERÁ “ALGUÉM IRREAL”, APARENTEMENTE, SE ACHANDO “ALGUÉM DO MUNDO”!
 
PARE DE DAR TEMPO AO TEMPO!  ENCONTRE-SE JÁ, NO AGORA DE SUA VIDA DIVINA COM ABUNDÂNCIA!

Não se inclua no rol de “gerações iludidas”! TODOS QUE SE VIRAM EM TAIS GERAÇÕES, APENAS ACREDITARAM “SER OUTRO, QUE NÃO DEUS”! COM ISTO, SÓ VIVERAM ILUSÕES, SÓ CRERAM EM IRREALIDADES E MENTIRAS, PERDENDO A GLORIOSA VERDADE REVELADA À HUMANIDADE:
SOMENTE EXISTE DEUS, SENDO O “EU” QUE “EU SOU”, SENDO A “LUZ” QUE “EU SOU”,  SENDO A “UNIDADE PERFEITA” QUE “EU SOU”!
*

 

“O CRISTO QUE SOMOS É O MESMO ONTEM, HOJE E ETERNAMENTE!”

A Metafísica Absoluta é um ensinamento que esclarece a Verdade revelada sobre Deus, para que cada um possa Se conhecer como FILHO ESPIRITUAL DE DEUS e, desse modo, possa descartar, como crença falsa, toda “sugestão hipnótica” contrária à Verdade que possa nos vir através da ilusória “mente carnal”.

Jesus disse que DEUS É ESPÍRITO, e, como DEUS É TUDO, somos única e exclusivamente ESPÍRITO! “Não chameis de pai a ninguém sobre a face da terra”,disse Jesus. Para quê? Para não nos identificarmos com “seres humanos”! “UM SÓ É O VOSSO PAI, O QUAL ESTÁ NOS CÉUS”, COMPLETOU ELE A ILUMINADA REVELAÇÃO!

Tanto as “contemplações da Verdade” como a prática da “Ciência Mental” são empregadas unicamente para NÃO SAIRMOS JAMAIS DAQUILO QUE PERMANENTE SOMOS! “SOIS DEUSES”, REVELA A BÍBLIA. Enaltece o DEUS ONIPRESENTE, em todos ativo como Perfeição imutável onipresente!

É importante reconhecermos O QUE SEMPRE SOMOS, ou O QUE SOMOS DESDE O PRINCÍPIO, para jamais cedermos às crenças mentirosas de mutabilidade!

“EU, O SENHOR, NÃO MUDO”, revelam as Escrituras! E quando Paulo, em Hebreus, afirma que “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e eternamente”, está confirmando que O CRISTO QUE SOMOS, POR SER DEUS, NÃO MUDA!

As revelações, as contemplações e as afirmações e negações precisam ser empregadas como LEMBRETES DA IMUTABILIDADE QUE SOMOS, e nunca como expedientes de “mudanças para melhor” em nossas vidas! A VIDA É DEUS, É PERFEIÇÃO E NÃO PODE SER MELHORADA! Portanto, se afirmamos que “vivemos na divina ordem”, que “o mal é irrealidade”, ou que “temos saúde infinita”, o propósito jamais será o de “corrigirmos algum aspecto” do SER QUE ETERNAMENTE SOMOS! ANTES, SERÁ O DE DESCARTARMOS AS CRENÇAS MENTIROSAS QUE INTENTAM NOS ASSOCIAR COM SUAS SUPOSTAS MUDANÇAS!

Detectar a ILUSÃO DE MUDANÇAS se torna fundamental, para não as associarmos com o CRISTO IMUTÁVEL QUE SOMOS, e nos incorrermos  na  PRÁTICA ERRÔNEA DE “QUERERMOS MELHORAR” O QUE JÁ É PERFEITO SEMPRE!

A frase completa de Paulo assim diz: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e eternamente! Não vos deixes influenciar pelas várias doutrinas heréticas. Porque o mais importante é fortalecer o coração pela graça, e não por alimentos cerimoniais, os quais não podem produzir qualquer benefício real para aqueles que neles confiam”.

É um alerta para que, se já sabemos o que deve ser feito, que é NOS IDENTIFICARMOS COM DEUS E COM SUA PERMANÊNCIA, sem nos permitirmos DESVIAR deste FOCO ABSOLUTO por nos enredarmos em INFLUÊNCIAS de “outros ensinamentos”, que em nada nos fortaleçam pela GRAÇA!

É pela Graça que SOMOS O QUE DEUS É! E é pela Graça que SOMOS IMUTÁVEIS COMO DEUS! Toda FUGA desta Verdade apenas comprometerá o conhecimento da Verdade que somos, por  acumularmos mais e mais “crenças falsas”!

*

O SUPOSTO “MUNDO FENOMÊNICO” É PURA PIADA!

O SUPOSTO “MUNDO FENOMÊNICO” É PURA PIADA!

Uma piada assim pode ser definida: “É uma breve história, de final engraçado e às vezes surpreendente, cujo objetivo é provocar risos ou gargalhadas em quem a ouve ou lê. É um recurso humorístico utilizado na comédia e também na vida cotidiana de todas as pessoas”.

  Se formos contar uma piada a alguém, sua mente se preparará para

“OUVIR ALGO IRREAL, NUM AMBIENTE IRREAL”, MAS ACREDITANDO EM QUALQUER ABSURDO, ATÉ CHEGAR AO SEU DESFECHO.

Quando a Verdade é revelada, DEUS SENDO TUDO fica sendo o REINO ÚNICO E ONIPRESENTE EM QUE REALMENTE TODOS VIVEMOS! Em vista disso, o suposto “mundo de aparências” pode ser reconhecido como “mundo do pai da mentira”, ou seja como sendo uma PIADA!

Se somos “deuses imortais” e a crença coletiva diz que “somos carnais mortais”, esta “visão material” é integralmente pura PIADA! E nela se contém o “cenário ilusório completo”, para que possa induzir alguém a “perceber-se incluso nele”!

Uma piada diz que “num hospício, um louco passava o dia todo afirmando, em voz alta: “Eu sou Napoleão Bonaparte!”. Isto irritava os demais internos, que foram ao diretor reclamar. Ouvindo a queixa, o diretor prometeu falar com ele, e assim foi feito. Frente ao louco, assim lhe perguntou o diretor: “Quem foi que lhe disse que você é Napoleão Bonaparte?” E o louco respondeu: “Quem me disse foi Deus!” E então, outro louco que estava por perto, assim se manifestou: “Eu? Eu não! Eu não disse nada disso!”

Momentaneamente, aquele que escuta uma piada entende como real a SUGESTÃO lhe passada como “acontecimento”! O hospício, os loucos nele internos, seu diretor, e tudo mais do cenário, tão logo termine a piada, passa a ser desconsiderado! E desconsiderado como NADA!

O suposto “mundo de aparências” é igualmente uma PIADA! Jesus o chamava de “mundo do pai da mentira”, por ser uma “encenação falsa e mentirosa”, sem “personagens reais” e sem todas as suas supostas “atividades”!

Receber a REVELAÇÃO de que SOMOS AUTOMANIFESTAÇÕES da DIVINDADE ONIPRESENTE, implica a PERCEPÇÃO de que JAMAIS ESTIVEMOS NO MUNDO, POR SER, O SUPOSTO MUNDO, MERA PIADA, DESTITUÍDO DE CENÁRIO VERDADEIRO! DAR REALIDADE AO MUNDO SE EQUIPARARIA A ALGUÉM DAR REALIDADE AO “HOSPÍCIO DA PIADA”, OU “ LEVAR ALGUÉM A ORAR PARA QUE O “LOUCO DO CENÁRIO” DA PIADA SE CURASSE!

Enquanto O SUPOSTO MUNDO FOR VISTO COMO REALIDADE, A PIADA SERÁ “O VAPOR ILUSÓRIO” SEMPRE A OCULTAR A DIVINDADE AUTOMANIFESTA QUE TODOS SOMOS! Para que esta ILUSÃO possa ser extinta, assim nos disse Paulo:

“EM DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E TEMOS O NOSSO SER!”.

Em outras palavras, JAMAIS EXISTIU O “HOSPÍCIO DE LOUCOS” DA PIADA CONTADA, ASSIM COMO JAMAIS EXISTIU O SUPOSTO “MUNDO FENOMÊNICO”, A NÃO SER COMO PIADA ACREDITADA COLETIVAMENTE! Portanto, sempre que lhe chegar a SUGESTÃO  de que “há personagens reais no mundo”, lembre-se: SÃO TÃO REAIS QUANTO O “LOUCO QUE ADMITIA SER NAPOLEÃO”!

Desse modo, estará praticando os dois princípios de O Caminho Infinito: impersonalizando a ilusão e nadificando a ilusão, restando-lhe unicamente a Verdade de que DEUS CONSTITUI O SER INDIVIDUAL QUE SOMOS!

*

SILÊNCIO, CONTEMPLAÇÃO E PERFEIÇÃO CONSUMADA

A Prática do Silêncio existe para que a Verdade seja reconhecida, contemplada e vivida. “No silêncio está a Vossa fortaleza”, disse Isaías. Através dele, desviamos nossa atenção do ilusório “mundo de aparências” para, como FILHOS ESPIRITUAIS DE DEUS, contemplarmos o Reino perfeito da Verdade, que nos está “mais próximo” do que QUAISQUER “aparências” do mundo.

No silêncio, sem esforço algum, contemplamos a Verdade de que DEUS É TUDO, que Suas obras são consumadas e perfeitas, enquanto todas as supostas imperfeições não passam de “imagens falsas”, só vistas pela “mente carnal”.

Também no silêncio, percebemos que SOMOS VIDA DE DEUS, vivendo EM DEUS com a própria Mente de Deus! Estas Verdades são contempladas com alegria e confiança nos princípios absolutos, e as contemplações devem durar até que nos sintamos “entregues à Paz da Verdade”.

Faz parte da Prática do Silêncio tomarmos as revelações divinas, ditas pelos profetas ou mestres da Verdade, de forma que nos coloquemos como se estivessem sendo dirigidas diretamente a nós mesmos! Se Jesus disse: “São-te perdoados os teus pecados”. ouça isto como dirigido a você!

As contemplações requerem um “coração de menino”, a presença da pura receptividade

às Verdades divinas, vindas de um Deus que é Poder e Amor!

Com o silêncio, podemos reconhecer a Verdade de que TUDO ESTÁ FEITO, E FEITO AGORA! Desse modo, quando aparentemente estivermos lidando com o mundo, não veremos nele a manifestação de passado, presente e futuro, mas sim, que ele é mero desdobramento DAQUILO QUE É, DA PERFEIÇÃO QUE TUDO É, DA MANIFESTAÇÃO DO CRISTO QUE, NA UNIDADE CONSUMADA, CADA UM É!

O FOCO DA PRÁTICA DO SILÊNCIO ESTÁ EM NOSSA “PERMANÊNCIA EM MIM”, quando a perfeição absoluta e onipresente É RECONHECIDA COMO “JÁ FEITA”. Somente nesta certeza, poderemos VIVER COMO PÁSSAROS NO CÉU ou COMO LÍRIOS DO CAMPO, sem preocupações e sem desgastes emocionais gerados por meras crenças hipnóticas!

“O Reino de Deus está presente no mundo inteiro”, disse Jesus! E no silêncio, contemplamos NOSSA PRESENÇA integralmente nele! A perfeição sempre nos está mais próxima do que quaisquer “aparências de imperfeição”! Não há “poder de Deus” que sustente “imagens hipnóticas”! A expressão “a tua fé te salvou”, dita por Jesus, deve estar presente nas contemplações absolutas, quando NOS VEMOS EM MIM, NA TOTALIDADE DO PAI, NA ONIPRESENÇA DA PERFEIÇÃO! Por isso, logo de  “início”, reconhecemos a PERFEIÇÃO CONSUMADA e descartamos as “imagens hipnóticas” de imperfeições! Nenhuma tem substância nem matéria-prima! São “nadas”!

SOMOS O QUE DEUS É, E DEUS É AQUELE QUE SOMOS! O Salmo 91 assim diz: “Aquele que habita no LUGAR SECRETO DO ALTÍSSIMO, à sombra do Onipotente repousará”. Viver REPOUSADO À SOMBRA DO ONIPOTENTE significa AGIR PELO NÃO AGIR, cientes que AGIMOS NA ONIAÇÃO E NÃO “NO MUNDO”, como disse Jesus|: “De mim, nada faço; O PAI EM MIM FAZ AS OBRAS”!

É ESTA A VIDA PELA GRAÇA!

*

SUA SAÚDE E SEU GLORIOSO “CORPO DE LUZ” SÃO UM!

Disse Jesus: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo;
Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se.
E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.
E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio?
E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo?
Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.
Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro.
Mateus 13:24-30

Sempre é dito, pelas Mensagens da Verdade, que DEUS É TUDO, que Sua TOTALIDADE é  ser SEMPRE ESPÍRITO, e que o Corpo Glorioso que somos, sendo ESPÍRITO, jamais pode ser aceito como a CRENÇA FALSA, que o entende como “ feito de matéria” ou como “corpo carnal”!

A humanidade sempre sofre, penalizada por meras FALSAS CRENÇAS DUALISTAS, que a associam com as mentiras da suposta “mente carnal”. Tais mentiras se apresentam como Verdades, por terem se infiltrado sorrateiramente como o JOIO, que teve suas sementes jogadas em meio à “plantação de trigo”, mas que, crescendo, logo

se tornam de fácil identificação, para o JOIO poder ser primeiro extirpado ,durante a ceifa, de modo que SOMENTE O TRIGO possa ser colhido e armazenado, enquanto o JOIO é todo removido para ser queimado.

Erradicar a “presença do joio” significa “arrancarmos”  todas as crenças coletivas no suposto “mal”,

  sem dó e com firmeza absoluta! O  sábio agricultor,  “vendo” as sementes indesejáveis proliferando em sua plantação de trigo, saberá tomar as providências cabíveis no momento da colheita,  deixando à mostra uma plantação seletiva, cuidada para conter unicamente o TRIGO ali presente!

JOIO E TRIGO , no estudo da Verdade, representam O BEM E O MAL! As duas “sementes” aparentarão CRESCER, se “as indesejáveis”  não forem detectadas, arrancadas e expulsas! E não apenas isto: deveremos também CUIDAR para que “novas sementes indesejáveis” não encontrem facilidade para ocupar o subconsciente, que é nosso “solo de plantio seletivo”.

Teremos somente O TRIGO crescendo em nosso SOLO, se  nos cuidarmos para SER A VERDADE DIVINA e não as MENTIRAS DAS “APARÊNCIAS”! Para isso temos as REVELAÇÕES DA VERDADE, que precisam “crescer em nossa aceitação” sem que “permitamos” a entrada livre das CRENÇAS DUALISTAS MENTIROSAS!

Tomemos, como exemplo, as REVELAÇÕES SOBRE O CORPO. O “TRIGO”, NO CASO,  ESTARÁ SENDO A VERDADE DE QUE O NOSSO CORPO É O “TEMPLO DE DEUS”, e que NOSSA SAÚDE É UMA COM ESTE CORPO DE LUZ GLORIOSO! SE ACEITARMOS QUE O CORPO É MATERIAL, TEMPORAL, COM SUA SAÚDE ORA SENDO BOA, ORA SENDO MÁ, “SEMENTES E MAIS SEMENTES DE JOIO” ESTARÃO SENDO ATIRADAS EM NOSSO SOLO, POR NOS DESCUIDARMOS E RETORNARMOS AO ERRÔNEO REFERENCIAL DO BEM E DO MAL!

NÃO SOMOS “APARÊNCIAS DE CORPO”; ANTES, SOMOS O QUE DEUS É, MANIFESTO COMO NOSSO CORPO! DESSE MODO, COMO EM DEUS TUDO É ESPÍRITO, E TUDO É UNIDADE PERFEITA, NOSSO CORPO SE EVIDENCIA EM UNIDADE COM SUA SAÚDE PERFEITA! JAMAIS CREIA EM “CORPO SEPARADO DA SAÚDE”! EM OUTRAS PALAVRAS, SEMPRE TEMOS UM CORPO  UNO COM SUA SAÚDE PERMANENTE, QUE É NOSSO CORPO ETERNO, SEM COMEÇO, SEM MUDANÇAS E SEM FIM!

Dispomos da Ciência Mental para confirmarmos a VERDADE QUE SOMOS, e dispomos da “PRÁTICA DO SILÊNCIO”, para RECONHECER QUE SOMOS DEUSES, A PRÓPRIA AUTOMANIFESTAÇÃO DIVINA APARECENDO COMO SER INDIVIDUAL!  A suposta “sabedoria da serpente”, que NOS TENTA ENFIAR PELA BOCA O “FRUTO DO BEM E DO MAL”, será sempre detetada e expulsa! Esta ilusória “sabedoria” é o JOIO, sempre desejando “entrar em nosso solo”, e que precisa SER EXPULSO pela VERDADE de que NOSSA SABEDORIA É DEUS, NOSSA MENTE É A MENTE DE CRISTO, E O NOSSO “SOLO” É SOLO SAGRADO! 

Nossa “permanência” nestes FATOS DIVINOS será a nossa “PERMANÊNCIA EM MIM”, NO “EU SOU” DIVINO QUE SOMOS, NO “CRISTO QUE É TUDO” EM TODOS NÓS!

*

“NÃO INCLINASTES O VOSSO OUVIDO, NEM ME OBEDECESTES A MIM!”

 “E vos tenho enviado todos os meus servos, os profetas, madrugando, e insistindo, e dizendo: Convertei-vos, agora, cada um do seu mau caminho, e fazei boas as vossas ações, e não sigais a outros deuses para servi-los; e assim ficareis na terra que vos dei a vós e a vossos pais; porém não inclinastes o vosso ouvido, nem me obedecestes a mim”.
Jeremias 35: 15

Seja no Antigo, seja no Novo Testamento, a mesma Verdade libertadora é pregada, enquanto sempre vemos  o povo se mostrando arredio a ela, sem  demonstrar interesse maior por viver liberto de suas crenças escravizantes e hipnóticas.

Já dizia Jeremias: “Porém não inclinastes o vosso ouvido, nem me obedecestes a mim”.

 

O mundo prossegue iludindo a maioria com suas ilusões mascaradas de “realizações”, inclusive com muitos “buscando a Deus” fora de si mesmos, enquanto Deus sempre esteve “dentro de cada um”, e sendo a real e única identidade de todos!

“Inclinar ouvido e obedecer a Mim”, é simplesmente alguém se decidir por OUVIR A INTERIOR VOZ DIVINA, sempre a dirigir  seus passos, de forma a “fazer o que vir o Pai fazer”, em vez de ser tutorado pela ridícula e ilusória “mente humana” e suas vaidades!

Isaías disse a mesma Verdade: “Inclinai os vossos ouvidos, olhai para Mim, e sereis salvos”!

Diz a Bíblia que Jesus, indo a Jerusalém e vendo o seu povo envolvido em conflitos e contendas, chorou e se lamentou, constatando a não prática da Verdade por ele ensinada com tanta devoção: “Ó Jerusalém, Jerusalém, que assassinas os profetas e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes Eu quis reunir os teus filhos, como a galinha acolhe os seus pintinhos debaixo das suas asas, mas vós não o aceitastes!”.

A humanidade continua “inclinando ouvidos” à ILUSÃO, ao suposto “ego” e seu ilusório “corpo carnal”, perdendo a  grandiosa oportunidade de reconhecer o CRISTO GLORIOSO E LIVRE, QUE, “DESDE O PRINCÍPIO”, ESTIVERA SENDO A VERDADE SOBRE CADA FILHO DE DEUS!

Sempre a Verdade permanece sendo a Verdade, o que significa que, SEMPRE NO AGORA, cada um pode e deve HONRAR AS REVELAÇÕES DIVINAS, “INCLINANDO OS OUVIDOS” E INTUINDO AS INSTRUÇÕES VINDAS DIRETAMENTE DA FONTE DE SI MESMO, E, DESSE MODO, OBEDECENDO A DEUS E VIVENDO A VIDA PELA GRAÇA E PELA VERDADE!

*

MEDITE SE ENTREGANDO AO BEM PERMANENTE ONIPRESENTE!

Em tempo relativamente curto, alguém interessado pela Verdade pode se tornar conhecedor de seus princípios absolutos. E então, o “hipnotismo de massa” poderá induzi-lo a permanecer na CRENÇA de “saber mais”, o que o poderá levar à aceitação de “ainda não saber”, desviando-o da Prática do Silêncio”!

Se a ele perguntássemos: “Você acha que Jesus  sabia tudo?”, por certo ele diria que “sim”! Mas como Jesus se comportava, sabendo o que sabia? ORAVA SEM DESEJAR USAR O QUE SABIA, ou seja, ORAVA DEIXANDO O PAI FAZER AS OBRAS, que não eram os “sinais” testemunhados pelos sentidos humanos! AS OBRAS ERAM O PAI EM SUA ONIAÇÃO ONIPRESENTE,  E JESUS  APENAS SE PERCEBIA SENDO  “UM COM ELE”!

Quanto mais alguém diz “estar conhecendo melhor a Verdade”, MENOS deverá aplicar seu conhecimento mental durante suas orações! Isto porque “a letra mata, e é o ESPÍRITO que a vivifica”! Em vista disso, a Prática do Silêncio, de fato, é  realmente silenciosa! De uma PAZ TOTAL e de uma RECEPTIVIDADE PLENA AO DEUS QUE CONSTITUI QUEM ETERNA E VERDADEIRAMENTE SOMOS!

Esta ENTREGA AO SILÊNCIO constitui a oração absoluta e de maior eficácia! É, como disse Joel S. Goldsnith, “um deixar que AQUILO QUE É  se revele”. Esta atitude espiritual se fundamenta na letra, pois, “TUDO ESTÁ FEITO”, E FEITO POR DEUS!

Meditar e estar receptivo à revelação de que TUDO ESTÁ FEITO é ORAR COMO JESUS ORAVA, acreditando que todo bem desejável já está em vigor e já evidenciado!

A Unidade Perfeita é O TUDO QUE ESTÁ FEITO! É DEUS sendo a REALIDADE INFINITA manifesta como BEM PERMANENTE!

É comum alguém se dedicar às orações quando, aparentemente, SE ENCONTRA DESEJOSO DE RESOLVER ALGUMA DIFICULDADE OU PROBLEMA.  Isto somente ajuda a dar realidade à ILUSÃO, razão pela qual Jesus deixou claro: “O PAI CONHECE AS SUAS NECESSIDADES ANTES QUE A ELE LHE PEÇA ALGO”!  É COM ESSE ESPÍRITO CONFIANTE E DE LEVEZA que nos entregamos ao Silêncio, RECEPTIVOS à manifestação DAQUILO QUE TUDO JÁ É!

Por esse motivo é que mais vale  uma “contemplação absoluta da Verdade” do que nos tornarmos uma biblioteca ambulante de “princípios espirituais”.

Sejam quais forem as “aparências” vistas pelos sentidos humanos, NENHUMA TEM QUALQUER REALIDADE! Esta é a VERDADE que devemos contemplar, confiantes de que O VERBO DIVINO é a Substância de TUDO QUE JÁ ESTÁ FEITO! E, caso alguma “aparência” nos venha incomodar, durante as contemplações, em vez de nos alinharmos a ela, basta que imprimamos sobre ela a Verdade de que somente o VERBO DIVINO ali se encontra presente!

DEUS É TUDO, E DEUS MANTÉM TUDO EM INVIOLÁVEL “DIVINA ORDEM”!

Medite e contemple estas Verdades!

*

NÃO TROQUE A VERDADE DO PODER ÚNICO PELA CRENÇA EM DOIS PODERES!

Acreditar em dois poderes, no bem e no mal, constitui a identificação errônea de alguém com o “Adão expulso do Paraíso”, por ter comido o fruto proibido do “conhecimento do bem e do mal”. Esta alegoria apenas insinua a ilusão de que “um ser criado por Deus” possa a errar e desobedecer a Deus, como se pudesse ser “alguém separado de Deus”!

Tanto o “ser desobediente a Deus” como a “árvore do conhecimento do bem e do mal” jamais existiram, a não ser como figurantes de uma alegoria! E a alegoria tão somente esclarece que O QUE DEUS FAZ É O QUE DEUS É, perpetuamente sem mudanças e sem alterações em nada do que verdadeiramente existe!

Jesus disse ter vindo ao mundo para dar “testemunho da Verdade”, o que significa que toda mentira, sobre nós e sobre a Existência, só aparenta existir, uma vez que MENTIRAS NÃO TÊM SUSTENTAÇÃO NEM MANIFESTAÇÃO REAL.

Conhecer a Verdade nada mais é, senão SER A VERDADE QUE SEMPRE É! E este conhecimento destrói as mentiras de que ALGO ALÉM DE DEUS POSSA ESTAR EXISTINDO E SE MANIFESTANDO!

Deus é TUDO, é o CRISTO que somos, e a única atividade real é a ONIAÇÃO: Deus ativo como a totalidade do universo infinito!

Por isso Jesus desacreditava de pecados, de pecadores, e de livre-arbítrio! Defendia a Verdade da UNIDADE PERFEITA, da Vontade de Deus sendo a SUA Vontade, E SENDO A VONTADE DE TODOS! Desse modo, a crença em “DOIS PODERES” era descartada como NADA!

“E VÓS TAMBÉM TESTIFICAREIS, POIS, ESTIVESTES COMIGO DESDE O PRINCÍPIO”!

Tudo que Jesus testificou de SI MESMO é a MESMA Verdade que cada um de nós terá de testificar! “Testificar” não significa mudar algo ou alguém, mas simplesmente ENDOSSAR A OBRA CONSUMADA DE DEUS, integralmente perfeita e iluminada, que inclui o CRISTO que somos!

Se a humanidade insiste em VIVER COMO MENTIRA, como “mortal encarnado”, como “alguém” que persiga o bem e fuja do mal das “aparências”, em vez de VENCER O MUNDO, apenas ficará sendo VENCIDA PELO MUNDO! E todo aquele engajado nesta crença maldita, só se exibindo com um suposto “EGO EXACERBADO, inventado pela “mente em ilusão”,  verá o próprio mundo a convencê-lo

de SER A MENTIRA QUE É!

Nem Jesus, nem artigos da Verdade, poderão tomar por VOCÊ a decisão de se livrar do CATIVEIRO DE CRENÇAS COLETIVAS! Isto terá que partir de VOCÊ PRÓPRIO!

“Do menor ao maior, TODOS conhecerão a MIM!”, diz a Bíblia. Não precisamos nos preocupar quanto a isso! Por isso, sabiamente, disse Jesus a Pedro, que o indagava sobre os supostos outros:

“SEGUE-ME TU!”

*

A JARRA VAZIA

Disse Jesus: “O Reino é semelhante a uma mulher que carregava uma jarra cheia de alimento. Enquanto seguia pela longa estrada, a alça da jarra quebrou. O alimento se espalhou atrás dela sem que ela o notasse. Chegando em casa, colocou a jarra no chão e encontrou-a vazia”.

Evangelho de Tomé

Esta é uma bela e gloriosa ilustração do que ocorre conosco. Às vezes, achamos o nosso fardo pesado demais, e que já estamos com ele por um tempo demasiadamente longo. Em muitos casos, a carga até parece estar se tornando mais pesada, mais escura, mais amedrontadora e alarmante. E então, chegamos ao ponto em que “colocamos a jarra no chão” e despertamos. Descobrimos que a carga estava vazando lentamente, tal qual o alimento da jarra.

O que estava realmente acontecendo, é que nosso fardo estava sendo dissipado, disperso, eliminado. Parecíamos estar em nossos piores momentos, e nem notávamos que o fardo estava, de fato, desaparecendo.

Quando despertamos, percebemos que jamais existira fardo algum; nunca o havíamos carregado; nunca ele havia existido!

*

SÍNDROME DE TOMÉ: VER “MATÉRIA” PARA PODER CRER!

Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. Os outros discípulos contaram-lhe depois: “Vimos o Senhor!”. Mas Tomé disse-lhes: “Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei”. João 20: 24

Quando alguém começa a intuir e perceber que o suposto “mundo dos fenômenos” é, de fato, uma farsa hipnótica, sem Deus e sem realidade, somente então, se vê dotado de interesse, dedicação, perseverança e determinação para não mais se deixar iludir, por buscar se realizar “nas coisas da terra”, em vez de

“nas coisas do Alto”, sua Autorrealização genuína, que é espiritual, eterna, consumada e plena.

Aparentemente, nos vemos diante de um “mundo material” e de “seres carnais”! Desacreditar desta CRENÇA FALSA é CONHECER A VERDADE que nos liberta! “DEUS É ESPÍRITO”,  disse Jesus, “E IMPORTA QUE O ADOREMOS EM ESPÍRITO E EM VERDADE”!

O sentido é claro, porém, colocá-lo em prática nos requer o que disse Jeremias: TEREMOS DE FAZÊ-LO DE TODO O CORAÇÃO!

Tomé, sendo informado de que Jesus, ressuscitado, havia se encontrado com os demais discípulos, como  estava ausente, na ocasião, assim disse: “Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei”.

Sua DESCRENÇA simbolizava a humanidade toda se mostrando iludida pela CRENÇA NA MATÉRIA, e mesmo os discípulos se convenciam dela!

Não há quem “GLORIFIQUE A DEUS EM SEU CORPO” ENDOSSANDO A CRENÇA DE “ESTAR ENCARNADO”! Mas há quem acredite que O CORPO CARNAL É O “TEMPLO DE DEUS”! Por isso, a Metafísica Absoluta revela, como axioma fundamental, que a suposta “MATÉRIA” NÃO EXISTE!

Voltando à Bíblia, assim ela prossegue, dizendo:

Oito dias depois, encontravam-se os discípulos novamente reunidos em casa, e Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado. E não sejas incrédulo, mas fiel”. Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” Jesus lhe disse: “Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!”

O ensinamento absoluto, enfatizando que DEUS É TUDO e incentivando o abandono consciente do “juízo segundo as aparências”, intenta fazer com que todos creiam, MESMO SEM VER, no Cristo de si mesmos”, para serem considerados “bem-aventurados”, mesmo estando, aparentemente,  diante de “aparências materiais”.

É como disse Paulo: “Daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo, agora, já o não conhecemos deste modo”.

2 Cor. 5:16

*

DIA DE FINADOS: UMA BLASFÊMIA CONTRA A VERDADE!

“Deus é Deus dos vivos e não de mortos”.

Jesus

Passados mais de dois mil anos de cristianismo, e, aparentemente falando, insiste a humanidade em avaliar a vida como sendo “corpo carnal”! De nada adiantou ter Jesus ensinado que “o amor ao próximo” não é “deste mundo”, mas sim transcendental, um amor que não discrimina amigos e inimigos, mas que enaltece a Unidade Perfeita, que é a VIDA DIVINA ÚNICA, IMPESSOAL, PERFEITA,  DEUS INDIVISIVELMENTE SENDO O CRISTO, O FILHO ETERNO QUE TODOS SOMOS, E QUE  JAMAIS PASSA POR NASCIMENTOS E MORTES!

“Quem são minha mãe e meus irmãos”, indagou Jesus. Eram “corpos carnais” em “parentesco” do “mundo do pai da mentira”? Não! Ele próprio respondeu: “Minha mãe e meus irmãos são os que fazem a Vontade de meu Pai”! Por isso mandou que todos amassem amigos e inimigos, jamais sendo “julgados pelas aparências”, mas sim, entendidos como DEUSES FORMADORES DO PAI E FORMADOS PELO PAI, VIVOS COMO UMA ETERNA “UNIDADE PERFEITA”!

Por isso Jesus assim disse: DEUS É DEUS DOS VIVOS E NÃO DOS MORTOS!

“Dia de Finados” é verdadeira blasfêmia pela qual a ILUSÃO DE MORTALIDADE encobre a VERDADE DA IMORTALIDADE! Nesta CRENÇA DUALISTA encontramos inclusa a ILUSÃO DE SUPOSTOS “ENTES QUERIDOS”!

Viver a VERDADE significa RECONHECER que SOMENTE DEUS É NOSSO PAI QUERIDO, NOSSOS IRMÃOS QUERIDOS,  TODOS ALVOS DE NOSSO AMOR REAL, INCONDICIONAL E CRÍSTICO! E QUALQUER  DESVIO PARA NOÇÕES CONTRÁRIAS É PURAMENTE APEGO DO ILUSÓRIO  EGO, SEM NADA A VER COM DEUS, SEM NADA A VER COM A VERDADE!

A Bíblia diz: “ESTE É O DIA QUE O SENHOR FEZ”, QUE É O “DIA DO AGORA”, DA PERMANENTE PERFEIÇÃO DA ONIPRESENTE VIDA DIVINA SE EXPRESSANDO EM DEUS E SENDO DEUS! Alguém chamá-lo de “Dia de Finados” é puramente “culto à matéria”, uma blasfêmia do tamanho do infinito! Uma negação total da Verdade revelada! EM OUTRAS PALAVRAS, É ILUSÃO!

*

A RESPOSTA VINDA “ANTES QUE CLAMEMOS”!

“E será que antes que clamem, eu responderei”.

Isaías, 65: 24

Desviar a atenção das “aparências mutáveis” constitui o segredo para nos atermos à Verdade de que “vivemos em Deus” e não em “mundo de aparências”.

“Antes que clamem, responderei”, diz a citação de Isaías! Desvia radicalmente a atenção de suposto “problema” ou de suposta “carência”, rumando-nos à Onipresença divina sempre perfeita e Autossuprida!

Um vapor, porém, subia da terra, e regava toda a face da terra. O senhor Deus formou o homem de barro da terra, e inspirou no seu rosto um sopro de vida, e o homem tornou-se alma vivente” (Gen., 2: 6-7).

Que está aqui sendo dito? O seguinte: A REALIDADE ÚNICA É DEUS SE EXPRESSANDO COMO SEU PRÓPRIO VERBO DIVINO. E quando esta ONIAÇÃO DIVINA E PERFEITA é “nublada” pela suposta “mente humana”,  o Homem real, espiritual, é entendido como “ser material”, e o “vapor enganador” gera o chamado “mundo do pai da mentira”, que nunca passa de uma “interpretação falsa, finita e errônea” daquilo que ali realmente existe e se encontra manifestado. Portanto, JAMAIS Deus formou “homem de barro”, e este “ser ilusório” somente aparenta existir por ser observado pela cega “mente carnal”, e visto “distorcido” pelo seu “vapor”!

O ensinamento da Verdade nos remete à REAL E PERMANENTE NATUREZA DO UNIVERSO E DO HOMEM, explicando que “as aparências” não são A VERDADEIRA REALIDADE PRESENTE NO LUGAR DELAS; e assim sendo, todas elas, boas e más, são MERAMENTE “IMAGENS FALSAS”, enquanto “AS COISAS QUE DEUS FAZ”, PERFEITAS E PERMANENTES, SÃO AS QUE, DE FATO, ALI ESTÃO PRESENTES, FORMADAS E MANTIDAS PELO VERBO DE DEUS!

E assim é o UNIVERSO EM QUE VIVEMOS, e assim é o FILHO DE DEUS, OU O CRISTO QUE AGORA SOMOS!

Entendidas estas Verdades, clara nos ficará a revelação de Isaías: “ANTES QUE CLAMEM, RESPONDEREI!” Ela nos remete à TRANSCENDÊNCIA do ilusório “VAPOR”, DIRETAMENTE nos “conduzindo” ÀQUILO QUE “DEUS COM SEU VERBO FAZ”!

E é quando “ANTES QUE CLAMEMOS”, NOS PERCEBEMOS “RESPONDIDOS E ATENDIDOS”

*

JAMAIS CONTRADIGA A VERDADE POR ENDOSSAR “APARÊNCIAS”!

A Verdade Absoluta, como não poderia deixar de ser, é DEUS VIVENDO! Uma manifestação divina e infinita do próprio Deus, razão pela qual as revelações de todos aqueles que se identificaram com esta Verdade, em uníssono, declararam que DEUS É TUDO!

Sendo DEUS a totalidade da Existência, é DEUS A EXISTÊNCIA ÚNICA, LUZ ÚNICA, SE EVIDENCIANDO com seu Verbo iluminado e sendo TUDO  e sendo TODOS!

“Aquele que perder a sua vida por amor de MIM, a achará!” – disse Jesus. Esta instrução deve ser intuída em seu real sentido absoluto, por trazer, em si mesma, a Verdade de SER ILUSÓRIA a suposta “vida na matéria”!

“PERDER A SUA VIDA” É SIMPLESMENTE “CADA UM SE VER LIVRE DO HIPNOTISMO DE MASSA”, que leva a maioria a crer em “encarnações”, em “nascimentos, sofrimentos e mortes”.

Que faz alguém declarar “estar doente”? A “mente carnal” ou a “Mente de Cristo”? Que leva alguém a crer que tanto “a mente carnal” como a Mente de Cristo” sejam realidades? Que induz alguém a se identificar com “aparências visíveis”, EM VEZ DE SE MANTER IMPASSÍVEL E SERENO diante delas, confiante na revelação de que “FORA DE DEUS NADA EXISTE”?

Aquele que não se dedica ferreamente ao reconhecimento de que SOMENTE EXISTE DEUS, É AQUELE QUE SE MOSTRA PROPENSO A SER PEGO DE SURPRESA PELO “HIPNOTISMO DE MASSA”! Principalmente quando O QUE É NADA é por ele avaliado como “algo muito grave” ou “de difícil solução”!

NÃO EXISTE “ILUSÃO GRAVE” NEM “PROBLEMA DE DIFÍCIL SOLUÇÃO”! EXISTE ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE DEUS SENDO TUDO, SENDO ÚNICO, E SENDO O “EU SOU” QUE SOMOS!

Mantenha-se CONSCIENTE de que “aparências boas ou más”, são simples “sombras ilusórias”, que só aparentam  subsistir  graças ao NOSSO insano ENDOSSO FALSO de que sejam realidades!

JAMAIS CONTRADIGA A VERDADE ETERNA POR ENDOSSAR “APARÊNCIAS”,

SEJAM ELAS QUAIS FOREM!

LEMBRE-SE DO SEGUINTE: “AS APARÊNCIAS” APENAS INSINUAM A PRESENÇA DA REALIDADE DIVINA, IMUTÁVEL E PERFEITA, EMANADA POR DEUS NO LUGAR DELAS! POR ISSO SÃO TAMBÉM CHAMADAS DE “MIRAGENS”!

Se passarmos ao lado de um cinema, constataremos o seu prédio existindo MESMO TENDO SIDO, PROJETADAS EM SUA TELA, AS MAIS VARIADAS “IMAGENS ILUSÓRIAS” DOS FILMES por ele EXIBIDOS!

ENTENDER QUE O REINO DE DEUS É PERFEITO E IMUTÁVEL, E QUE AS “IMAGENS”, VISTAS COMO “APARÊNCIAS”, SÃO TODAS VÃS, VAZIAS DE REALIDADE E DE SUBSTÂNCIA, CONSTITUI NOSSA “PERDA DA VIDA HIPNÓTICA” PARA PERCEBERMOS O CRISTO SENDO A VIDA ETERNA QUE VIVEMOS “EM MIM”!

E ESTE É O CHAMADO “NASCER DE NOVO”!

*

UM SÓ CORPO, UM SÓ ESPÍRITO!

“Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós”.

 Efésios 4: 4-6

A ilusão de DUALIDADE fomenta todas as “aparências” de discórdia, dissensão e conflito. E quando a Verdade da UNIDADE é conhecida, este falso “juízo segundo as aparências” é percebido como ilusório, e a aceitação do “juízo justo”, cada um se honrar como honra a Deus, passa a ser adotado!  Com isto, a harmonia sempre presente, até então oculta pela DUALIDADE, é “trazida à luz”!

Um monge budista, que há tempos conheci, disse-me o seguinte: “Eu só discuto com quem concorda comigo!”. Quando a Unidade Essencial é acreditada, o suposto “ser humano” e suas “vontades pessoais”, geradoras de aparentes e conflitantes “pontos de vista” deixam de se mostrar como “obsessivas opiniões”, levando-nos a recordar e apreciar o precioso ensinamento de Jesus: “Concorde rapidamente com o seu adversário”!

A base de tudo reside na aceitação incondicional de que DEUS É TUDO! E as palavras de Paulo, dirigidas aos Efésios, são puramente reveladoras desta totalidade de Deus:

“Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; um só Senhor, uma só fé, um só batismo.
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós”.

 

Não há briga ou confusão que resista à aplicação desta Verdade! Quando Jesus enfatizava a necessidade de cada 

seguidor de “se negar a si mesmo”, abria o entendimento iluminado de que “HÁ UM SÓ CORPO E UM SÓ ESPÍRITO”, ou seja, TUDO É DEUS EM ONIAÇÃO, sem que haja “ganhador ou perdedor” VERDADEIROS em qualquer tipo de relacionamento humano!

A Essência é UMA, e sua aparente “sombra fenomênica” somente poderia ser “sombra única”!

Muitos vão atrás de terapeutas e psicólogos, na esperança de obter solução de problemas conjugais, de problemas profissionais, ou de problemas com supostos parentes, vizinhos, etc. Paulo disse o seguinte: “Fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação!”. Isto significa cada um “murchar o ego”,  não frente a “outro ego”, e sim diante de DEUS, entendido como sendo o CRISTO de si mesmo e sendo o CRISTO no suposto “outro”!

Em seguida, assim ele diz: “Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós”.

 

Aquele que optar pela “solução divina indicada”, terá o seu caso resolvido, além de evitar as “análises fenomênicas” apresentadas pelos terapeutas humanos, que buscam, na “escuridão da mente humana”,  encontrar alguma “luz salvadora”!

*

RECEBA A VERDADE COMO “UNIDADE PERFEITA!”

“Na verdade, na verdade vos digo: Se alguém receber o que eu enviar, me recebe a mim, e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou”.

João 13: 20
Assim como Jesus encarava a Verdade divina como UNIDADE PERFEITA , igualmente devemos fazê-lo todos nós, para que O DEUS QUE É TUDO esteja sempre em pauta e reconhecido como o EU que todos somos.

Por esse motivo, assim disse Jesus: “Se alguém receber o que eu enviar, me recebe a mim, e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou”.

Sempre a Verdade nos chega como UNIDADE PERFEITA, e não como “mestres” ou “pessoas”. E isto para ser recebida e percebida, como disse Jesus, EM MIM, naquele a quem ela foi anunciada! Este conhecimento, se tivesse sido assim difundido IMPERSONALIZADO, teria evitado que tantos tivessem se arvorado em “cultuar mensageiros”, visitar supostos “mestres iluminados”, enfim, evitado que muitos se desviassem da VERDADE EM SI PRÓPRIOS para buscá-la “fora de si mesmos”!

“Se alguém receber o que eu enviar, me recebe a mim, e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou”. Este é o PRINCÍPIO ABSOLUTO a ser lembrado também em cada “Mensagem da Verdade” lida e em cada “contemplação absoluta” que for feita! Por quê? Por não haver um “Eu” sendo Buda ou sendo Jesus, e  não haver outro “Eu” sendo VOCÊ! Há unicamente um “EU ÚNICO”, sendo TODOS, e sendo VOCÊ!

A crença em “mais de um” precisa ser abolida de modo radical e contundente, para que POSSAMOS PERMANECER “EM MIM”, NO “EU SOU ABSOLUTO”, NA GLORIOSA VERDADE DA “UNIDADE PERFEITA”!

Por esta Verdade não vir sendo praticada, é que o mundo sempre tem se mostrado ludibriado pelos falsos profetas! Jesus sempre foi claro a esse respeito, dizendo: “A tua fé te salvou”, querendo dizer que “estar fisicamente perto ou longe dele”, SÓ TERIA algum VALOR, SE A FÉ AUMENTASSE EM VISTA DISSO!

Aos discípulos, assim disse: “Permanecei na cidade até serdes revestidos do Poder vindo do Alto”!

Deus sempre esteve sendo TUDO, uma Unidade Perfeita Se evidenciando universalmente! Portanto, o FOCO desta percepção está em “aceitarmos A PRESENÇA DIVINA “EM MIM”, sem quaisquer desvios ou dúvidas!  O apóstolo Paulo pôde comprovar a eficácia deste procedimento praticado por ele, com extrema dedicação e assiduidade! Através dele, pôde assim  declarar: “Não sou mais eu; o CRISTO vive EM MIM!”.

O ensinamento absoluto parte da Verdade eterna de que DEUS É TUDO, inclusive é o CRISTO que eternamente somos! E salienta a Verdade dita por Jesus:

“AQUELE QUE PERMANECER EM MIM, CONHECERÁ A VERDADE, E A VERDADE O TORNARÁ LIVRE”. 

*